Conecte-se agora

Gladson mandar pagar R$ 4 milhões em rescisão de 870 comissionados do governo do PT

Publicado

em

Parte dos ocupantes de cargos em comissão no governo passado irão finalmente receber as verbas indenizatórias a quem tem direito. É o que prometeu o governador Gladson Cameli nesta quinta-feira (12), autorizando o pagamento de R$ 4 milhões em verbas rescisórias de 870 pessoas que trabalharam por nomeação entre os anos de 2016 a 2018 no Governo do Estado do Acre.

Com o objetivo de alcançar o maior número de ex-servidores comissionados, foram selecionados trabalhadores que recebiam salários entre R$ 1 mil a R$ 6,6 mil. Este é mais um compromisso da atual administração em reorganizar as finanças do Estado e contribuir com a economia local.

Em 2019, diz a Agência de Notícias do Acre, o governo Cameli quitou R$ 760 milhões em dívidas deixadas pela antiga administração. Somente com o pagamento de verbas rescisórias, o montante foi de quase R$ 1 milhão. No total, a dívida trabalhista chega a R$ 20 milhões.

“Estamos demonstrando que o nosso governo não tem cor partidária e entendemos que essa é uma obrigação do Estado. Diferente de gestões passadas, tratamos os servidores e aqueles que já colaboraram com o governo com respeito e dignidade. Apesar da nossa situação financeira, quero dizer que estamos fazendo todo o esforço para pagar todos aqueles que têm direito de receber as verbas rescisórias”, explicou o governador Gladson Cameli.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas