Conecte-se agora

Vanda Milani vota pela derrubada de veto presidencial a fim de garantir acesso ao BPC

Publicado

em

A deputada federal Vanda Milani (SD) votou contra o veto do presidente Jair Bolsonaro que prejudicava pessoas que não tiveram oportunidade de recolher a previdência, deficientes físicos e famílias pobres sem nenhum tipo de renda. É a segunda vez que a parlamentar vota contra vetos impostos pelo governo federal, o primeiro voto contrário foi a favor do revalida.

“Essa proposta é uma contribuição do poder legislativo à elevação da renda per capita do benefício de prestação continuada de um quarto do salário mínimo para meio salário” acrescentou a deputada.

Vice-presidente do Solidariedade pela região norte, a deputada federal Vanda Milani destaca que atualmente, segundo dados do IBGE, o Benefício de Prestação Continuada atende 2.527.257 pessoas com deficiência e 2.022.221 idosos, totalizando 4.549.478 beneficiários, sendo um dos benefícios garantidos pela Constituição Brasileira.

“Só sabe a importância desse recurso as famílias pobres, muitas delas nos lugares mais distantes e isolados na Amazônia brasileira, como em várias regiões do meu estado do Acre. Contribuindo pelo aumento dessa renda, estamos ajudando a diminuir as diferenças sociais nesse país e ajudando a colocar alimento na mesa de quem mais precisa” concluiu a parlamentar.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas