Conecte-se agora

No Acre, Polícia Militar prende pastor condenado em mais de 33 anos por estupro

Publicado

em

A Polícia Militar realizou nesta terça-feira (10), a prisão do pastor Arquimedio Alipe Coutinho, condenado a mais de 33 anos de prisão por estupro de vulnerável. A prisão ocorreu sob supervisão do Tenente Maxweel, em Acrelândia (AC).

Ele foi condenado pela juíza Kamyla Accioli, que impôs ao réu a pena de 33 anos, 11 meses e 15 dias de reclusão, em regime inicialmente fechado. O pastor foi preso após uma ação entre o Ministério Público do Acre, Poder Judiciário, Polícia Civil, com a ajuda da Polícia Militar.

O promotor de justiça, Júlio César de Medeiros, destacou que a parceria entre os órgãos irá resultar na diminuição da criminalidade em Acrelândia.

“Nosso foco é a prevenção, mas para tanto, a repressão tem de ser efetiva, afinal, o Direito sem sanção, é como um fogo que não queima”, encerrou.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas