Conecte-se agora

Produtor que se acorrentou na Aleac fica preso após sessão e é “salvo” por segurança

Publicado

em

O protesto do produtor rural Edson Criger, natural do Estado do Paraná, não acabou conforme o planejado. Após ele se acorrentar numa das cadeiras da galeria da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na manhã desta terça-feira, 10, ele perdeu a chave do cadeado na corrente e ficou preso, sozinho, após o término da sessão.

Os seguranças da Aleac tiveram de ajudar, encontrando uma serra para poder libertar o produtor rural da cadeira. Edson não soube dizer onde havia guardado a chaves do cadeado. Com um cartaz, ele manifestou repúdio ao presidente Jair Bolsonaro, relatando ser vitima de uma “perseguição por parte o Incra no Acre”.

Segundo ele, uma área de mais de 126 hectares localizada às margens da BR-317, próximo a cidade de Assis Brasil, teria sido tomada pelo Incra em uma ação judicial. “Me acusaram de mentiras, disseram que eu desmatei, usei máquinas e querem usar a minha terra para Reforma Agrária”, disse.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas