Conecte-se agora

Acre estuda inserir prática de meditação a alunos de escolas públicas da rede estadual

Publicado

em

A secretaria estadual de Educação está estudando a possibilidade de inserir a prática de meditação nas escolas pública geridas pelo Estado. O governador Gladson Cameli (Progressistas) já aprovou a ideia, que deve ser realizada dentro do Programa Acre pela Vida, lançado na última semana. Uma reunião ocorrida nessa segunda-feira, 9, debateu os ajustes para que o projeto possa ser concretizado.

A ideia foi lançada pela direção da secretaria de Comunicação (Secom) do governo Cameli ainda no ano passado. A inserção da nova prática pretende fortalecer as metodologias para uma cultura de paz nas escolas. O projeto-piloto será realizado em quatro escolas de período integral de Rio Branco. Depois, haverá uma avaliação para que a prática possa ser implantada em toda a rede.

A diretora Denise Santos acredita que a meditação poderá somar com metodologias pedagógicas já adotadas. Danielly Matos afirmou que essa prática de autoconhecimento poderá auxiliar alunos e professores numa convivência mais pacífica e reflexiva nas escolas. Enquanto Aldino destacou que alguns minutos de meditação contribuirão para aumentar o grau de concentração dos estudantes às aulas.

Segundo o governo, a meditação não tem nenhuma relação com religiosidade, mas funciona como uma prática de autoconhecimento, além de aliviar tensões geradas por sofrimentos do passado e ansiedades pelo futuro. Para os jovens estudantes, o Estado destaca que a meditação poderá trazer inúmeros benefícios.

Com informações da Agência de Notícias do Acre

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas