Conecte-se agora

Com Socorro Neri se distanciando, PT inicia cortejo oficial para Angelim ser candidato a prefeito

Publicado

em

Com alguns cenários das últimas pesquisas de intenção de voto colocando o ex-deputado federal Raimundo Angelim (PT) na frente da atual prefeita Socorro Neri e com a atual gestora protelando uma conversa definitiva com petistas, o presidente do PT, Cesário Campelo Braga, se reuniu neste final de semana para iniciar as articulações com a possibilidade do PT lançar candidato majoritário em 2020. O encontro entre Campelo e Angelim ocorreu na cafeteria da Livraria da Paim.

“Depois de muita especulações, de observar o resultados das pesquisas que colocam ele sempre em segundo empatado tecnicamente na margem de erro, de lembrar que o PT ganhou as últimas 4 eleições para prefeito na capital e diante da dificuldade que temos tido em dialogar com o PSB e a prefeita Socorro Nery, conversei com a direção e pedi autorização para falar com Angelim a primeira vez sobre eleições”, argumentou Braga.

Questionado se o convite oficial foi feita Angelim, Cesário afirmou ao ac24horas que ainda não existem definições claras a respeito de uma candidatura, mas devem acontecer mais conversas a respeito, enfatizando “que esse foi um primeiro diálogo com essa pauta porém a hipótese de ter candidato a prefeito tem ganho mais força”.

Sobre a possibilidade de aliança com o PSB da prefeita visando as eleições, Braga destacou que o PT continua aguardando uma posição do partido e de Socorro, “mas não o faremos mais de forma passiva”, justificou.

Uma nova reunião deverá ser feita no próximo final de semana. Nesse encontro deverão participar Jorge Viana, Marcus Alexandre e as principais lideranças do PT para avaliar quais os próximos passos. “Toda a construção tem sido coletiva”, frisou Braga.

Sobre o PSB e Socorro Neri terem sinalizado com um encontro para definir as eleições e sobre prazo para isso, Cesário foi taxativo. “Não existe prazo para conversa definitiva, estamos aguardando pacientemente com muito respeito. A primeira conversa foi provocada por nós, não acho que caiba ao PT provocar outra. A responsabilidade de conduzir é de quem está sentado na cadeira. Sempre que lideramos à Frente, cabia ao PT o primeiro movimento na busca de unir todos”, ressaltou.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas