Conecte-se agora

Carlitinho é exonerado do cargo de presidente do Instituto de Mudanças Climáticas

Publicado

em

Como já havia anunciado, Gladson Camei promoveu mais uma mudança no primeiro escalão de seu governo. O Diário Oficial desta sexta-feira, 6, publica a exoneração de Francisco Carlos da Silva Cavalcanti, ou Carlitinho Cavalcanti, como é conhecido, do cargo de presidente do Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação dos Serviços Ambientais (IMC).

A saída de Carlitinho, que é economista, professor universitário e foi reitor da Universidade Federal do Acre, ainda é um mistério, já que nem o próprio Carlitinho, nem Gladson Cameli fizeram qualquer declaração sobre o que motivou a demissão.

Junto com Carlitinho, quem também foi exonerada foi Julie Messias e Silva que ocupava o cargo de diretora executiva do IMC.

Para o lugar do professor Carlitinho, Gladson nomeou o Procurador Érico Maurício Pires Barboza, que já foi presidente da Associação dos Procuradores do Estado do Acre (APEAC) e tem atuação na Procuradoria Especializada do Meio Ambiente.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas