Conecte-se agora

Acusado de matar acreano degolado na Bolívia é condenado a 30 anos de cadeia

Publicado

em

O caso do acreano Getúlio Ribeiro de Mesquita, de 41 anos, que foi brutalmente assassinado na tarde do dia 29 de fevereiro, com um golpe de facão no pescoço, chegou ao fim em menos de uma semana. As autoridades do país vizinho localizaram e prenderam o autor do crime.

A promotoria informou que o réu confesso, Oscar Lopez Braga, recebeu uma sentença condenatória em juízo de procedimento abreviado, uma pena de 30 anos de cadeia para o assassino. A pena deverá ser cumprida no presídio de Villa Busch, localizado no interior de Pando, estado boliviano.

“Durante o desenvolvimento da audiência, o Ministério Público fundamentou com provas contundentes sobre a participação e culpabilidade do réu no assassinato, comprovando através de protocolo de autópsia, indícios materiais, amostras fotográficas e entrevistas com testemunhas”, destacou o promotor Juan Carlos Cuellar.

Segundo os autos, Oscar estava na companhia da vítima com quem iniciou uma discussão sobre o rateio da castanha que haviam colhido. Motivo pela qual se apossou de um facão (terçado) e desferiu um único golpe no pescoço de Getúlio, quase decepando sua cabeça do corpo.

Mesmo após fugir do local do crime, Oscar foi preso horas depois na casa de uma irmã pela polícia e foi apresentado à Justiça, onde foi julgado e deverá cumprir pena em regime fechado.

Fonte: O Alto Acre

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas