Conecte-se agora

Falha em projeto do governo paralisa obra de reconstrução do hospital de Sena Madureira

Publicado

em

Em novembro do ano passado o governador do estado, Gladson Cameli (Progressistas), fez um grande evento para assinar a ordem de serviço para a reconstrução e modernização do Hospital Estadual João Câncio Fernandes, localizado em Sena Madureira. A unidade de saúde, com 112 anos de existência, iria ser ampliada e ter reformado por completo o seu centro cirúrgico. Ocorre que passados quatro meses da assinatura, a obra até iniciou, mas atualmente está parada.

O problema foi um erro no projeto da obra executado pelo governo, que vem tendo dificuldades de achar uma solução. Com isso, a população sofre com dificuldades de atendimento por conta da obra que não anda. O ac24horas entrou em contato com Elves Danny, diretor geral do Hospital João Câncio Fernandes, que confirmou a paralisação das obras.

O gestor afirmou que iria participar de uma reunião com representantes do governo na manhã desta terça-feira, 3, para discutir uma solução para o problema e que anunciaria o resultado do encontro no decorrer do dia.

Um dos principais avanços do hospital, conforme o projeto, diz respeito à implantação da primeira mini Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da história de Sena Madureira. À época da assinatura da ordem de serviço, além do governador, participaram do evento deputados estaduais, federais e representantes do município. A promessa é de investir R$ 12,5 milhões para tornar a unidade referência na regional do Purus. O hospital, depois da obra, será quatro vezes maior que a estrutura existente, saindo dos atuais mil metros quadrados de área construída para mais de quatro mil metros quadrados.

O prédio deve ganhar o segundo pavimento, assegurando a ampliação de leitos e modernização de laboratórios, sala de raio-x, setor administrativo e estacionamento. Para este ano, estima-se que mais R$ 3,9 milhões já estão garantidos para a reforma das enfermarias.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas