Conecte-se agora

Com voto dos senadores do Acre, veto às emendas impositivas deve ser mantido no Congresso

Publicado

em

O Congresso Nacional decidiu adiar a votação do veto parcial do presidente Jair Bolsonaro (o chamado Veto 52) ao projeto de lei que trata do orçamento impositivo na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020. Os três senadores e alguns deputados do Acre se manifestaram favoráveis à manutenção do veto.

A sessão foi suspensa pelo presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, e será retomada às 14 horas da quarta-feira (4), quando os parlamentares devem dar continuidade à votação dos vetos 48, 50, 51, 52, 53, 54 e 55 de 2019.

A manutenção do veto de Bolsonaro ao orçamento impositivo deve ser confirmada, já que houve amplo acordo entre Executivo e Legislativo nesse sentido, que contou com a apresentação, na tarde desta terça-feira (3), pela Presidência da República, de três projetos de lei que regulamentam o orçamento impositivo na LDO e na Lei Orçamentária Anual de 2020.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas