Conecte-se agora

Diretor de presídio diz que ordem de presos é greve de fome e protestos em todo o Estado

Publicado

em

O diretor do Complexo Penitenciário Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, Missael Melo, acredita que os protestos de familiares contra a proibição de visitas aos presídios e a ordem de greve de fome aos detentos também devem chegar no Vale do Juruá.

Nesta segunda-feira, 2, os familiares dos presos fizeram protestos no centro de Rio Branco fechando ruas e pontes. Eles reclamam a suspensão das visitas e da qualidade da alimentação.

Segundo Missael, tudo é ordenado de dentro dos presídios por membros de uma organização criminosa. “O plano original era fazer uma greve de fome, desviando a atenção da segurança de uma fuga em massa”.

O plano teria sido descoberto pela direção estadual do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) o que resultou na suspensão de visitas no final de semana e revistas nas celas e estruturas em Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

“Nós esperamos que a greve e os protestos não cheguem aqui, mas como se trata de uma organização criminosa, estamos preparados para o pior “, cita o diretor.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas