Conecte-se agora

Missão de saúde humanitária com ajuda de Jenilson atendeu mais de 4 mil ribeirinhos

Publicado

em

O deputado estadual Jenilson Leite (PSB), médico infectologista, em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais , gabinete do vereador Lauro Benigno (PCdoB) realizaram mais uma missão humanitária de saúde no rio Muru, no município de Tarauacá. A equipe da missão humanitária navegou dez dias de barco, rio acima, fazendo exames, consultas clínicas, atendimento social às pessoas que mais precisam de um olhar especial do Estado, haja vista que nem o mínimo na grande maioria das vezes é assegurado, como preceitua Carta Magna.

Já virou um mantra do médico e deputado Jenilson Leite todo início de ano realizar uma ação de saúde nos rios que banham o solo acreano. Desta vez o público são centenas de ribeirinhos e colonos que habitam às margens do rio Muru.

Traduzindo em números, mais de quatro mil pessoas foram atendidas pela equipe. Desse montante, foram 760 exames, 431 consultas, sendo que a distribuição de medicamento atendeu 810 ribeirinhos, além disso, teve 12 atendimentos esportivos e 2000 procedimentos na área de assistência social. Essas pessoas atendidas dividem-se em mais de vinte comunidades que foram alcançadas pelo trabalho social que o deputado desenvolve.

Jenilson Leite nasceu no seringal Mucuripe, no rio Muru, local da ação de saúde. Para ele, voltar às origens, mas com uma condição melhor de auxiliar o próximo “é muito gratificante, pois sabemos que o povo da zona rural sofre muito por falta de assistência do poder público, mais precisamente na área de saúde, por isso esse sentimento de alegria em poder fazer algo em prol do bem comum”. O parlamentar também fez questão de mencionar as parcerias para que a ação tivesse êxito, dentre os quais, o vereador Lauro Benigno, a Clínica São Bernardo e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Na comunidade Semeada, último local do atendimento, o deputado estadual Edvaldo Magalhães e a deputada federal Perpétua Almeida estiveram presentes no ato.

Dona Maria Alves, que habita a comunidade semeada há 33 anos, agradeceu e abraçou o médico. “Esse momento é de gratidão, pois aqui estamos tendo a felicidade de poder ter um atendimento médico e, além disso, temos exames que dificilmente íamos conseguir fazer, pela dificuldade que é obter um exame desse pelo SUS”.

Já seu Mozinha, que lidera uma congregação religiosa na comunidade Lago Novo, enalteceu o trabalho que estava sendo feito e falou que aquilo lhe honrava muito em recebe-los na sua comunidade e igreja, pessoas que semeiam o bem.

Quem também enfatizou o trabalho desenvolvido foi dona Maria de Fátima, residente na comunidade Bela Vista no seringal Estirão. Segundo ela, foi a primeira ação de saúde no local que teve a realização de exames. “É uma felicidade muito grande em poder ter um atendimento desse, com exames, nunca nem pensei em ver isso sendo feito aqui. Muito obrigado doutor Jenilson”.

Seu Francisco Machado, seringueiro desde adolescente, disse que não teria como expressar sua alegria pelo que estava recebendo, pois, os exames que estava sendo feito na sua família e nele serão inesquecíveis, sendo que para demonstrar sua gratidão de um forte abraço em Jenilson.

Fotos: Jardy Lopes 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas