Conecte-se agora

Acre tem 623 pedidos de benefícios com mais de 45 dias na fila da previdência, diz TCU

Publicado

em

O tempo médio de espera dos segurados para obtenção de resposta aos pedidos de benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em 2019 foi o maior em cinco anos, segundo informações enviadas pelo órgão ao Tribunal de Contas da União (TCU).

A lei prevê que os pedidos sejam analisados em um prazo de até 45 dias. No ano passado, o tempo médio de espera para a concessão de um benefício foi de 74 dias – chegou a alcançar 89 dias em julho e terminou o ano, em dezembro, com 75. Em 2018, o tempo médio do ano foi de 51 dias; em 2017, de 54; em 2016, de 60; e em 2015, de 39 dias.

O Acre tem 623 requerimentos com mais de 45 dias de espera na análise. A maior fila é a do Distrito Federal, que tem 608 mil requerimentos com mais de 45 dias sem resposta, o que representa 44% da fila em todo o país. Considerando o total de requerimentos, o que inclui os com tempo de espera inferior a 45 dias, a fila no Distrito Federal é de 709 mil benefícios, 35% de toda a fila do país.

Após o Distrito Federal, Pernambuco tem a maior fila de espera (365 mil), seguida de São Paulo (309 mil) e Minas Gerais (265 mil). Além do Acre, as menores filas estão todas na região Norte: Roraima (261 requerimentos) e Amapá (367). (G1)

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas