Conecte-se agora

Polícia próxima dos autores de baixarias política 

Publicado

em

Foto: SECOM-AC

A campanha nem começou e pré-candidatos a prefeito de Rio Branco foram vítimas de ataques pelas redes sociais, com a publicação de vídeos envolvendo até questões familiares. Foi o caso dos deputados José Bestene (PROGRESSISTAS) e Roberto Duarte (MDB). O caso foi parar na esfera policial. O Delegado Henrique Maciel adiantou ontem em primeira mão ao BLOG DO CRICA de que as investigações estão avançadas nos dois casos, para chegar aos autores ou ao autor da primeira publicação dos referidos vídeos. E em seguida em quem fez os compartilhamentos. O setor de inteligência policial trabalha para resolver o mais rápido possível os dois casos, para que sirva de exemplo e não se repita no correr da campanha eleitoral. É um equívoco alguém pensar que pode ser esconder quando edita e divulga um vídeo, é questão de tempo chegar à autoria. A polícia tem meios tecnológicos para descobrir de que celular foi gerada a baixaria. O Delegado Henrique diz que o caso também vai entrar na esfera de quebra de sigilo telefônico, e pode redundar em crimes de injúria e difamação. O que chamou atenção de quem trabalha no meio jornalístico é que pela qualidade nos cortes das imagens, tanto os vídeos do deputado Roberto Duarte (MDB) como no do deputado José Bestene (PROGRESSISTAS) devem ter sido editados em estúdio de gravação.

NÃO TEM O DNA

O PT e o PCdoB sempre tinham a fama de fazer publicações apócrifas em campanhas passadas. Mas é uma unanimidade no meio jornalístico que, nos vídeos com ataques aos deputados José Bestene (PROGRESSISTAS) E Roberto Duarte (MDB), estes não têm o DNA nem de petistas e nem dos comunistas ou outro partido de esquerda. É o chamado “fogo amigo” pela PMRB.

VAMOS PARAR COM HIPOCRISIA

Deve ser rebatido com veemência qualquer movimento de fechar o Congresso, por mais que os deputados federais e senadores em sua maioria tentem implantar um parlamentarismo branco contra o presidente Jair Bolsonaro. Sem o Legislativo é ditadura. Mas nem o Legislativo e nem o Judiciário estão imunes a que o povo proteste contra ambos, afinal o regime é democrático. Vamos parar com a hipocrisia de que existe poder intocável contra a crítica.

COMO FICAR SATISFEITO

Como o povo pode ficar satisfeito com parlamentares federais que criam lei que impede de se mostrar a cara dos bandidos, por mais hediondo seja o crime cometido? Quando se veta a excludente de ilicitude aos policiais em ação e se favorece os bandidos. Quando se mutila a Lei do Abuso de autoridade tolhendo os juízes na aplicação da lei, se protege o bandido. E não querem ser alvo de protestos? A democracia tem mão dupla, uma é a liberdade de expressão.

NÃO PODE PASSAR A BORRACHA

Acho que durante todo o governo Gladson Cameli a primeira denúncia oficial que surgiu sobre a prática de corrupção na relação entre secretarias e intermediários que cobram supostas propinas para liberar faturas foi esta do deputado Fagner Calegário (PL). Não pode ser abafado, e fez bem o governador em levar o caso para a esfera policial. Tem que ter nomes.

ACRESCENTA NADA

O vereador Railson Corrêa (PODEMOS) se insinua em ser o vice na chapa da prefeita Socorro Neri. Não conheço nada que desabone a conduta do vereador. Mas indo para o lado político a sua inclusão na chapa, não somará nada na campanha da Socorro. Vice tem que somar votos.

EXEMPLO BEM PERTO

Temos um exemplo recente da inclusão do Delegado de Polícia Emylson Farias, imposta pelo governador Tião Viana para ser o vice do Marcus Alexandre na disputa do governo, escolha que foi um desastre para o Marcus. Então, a questão do vice não passa só pelo nome limpo.

TUDO FEITO COM CARINHO

Passei o carnaval fora do Acre. Mas as notícias que li foi que a prefeita Socorro Neri fez um carnaval impecável. Aliás, tudo que a prefeita faz na sua administração é com muito carinho.

NÃO TEM A CHAVE DO CÉU

Depois da pancadaria que recebeu nas redes sociais por querer misturar fundamentalismo evangélico com o carnaval, numa crítica sem nexo à prefeita Socorro por prestigiar o Rei Momo, espera-se que o ex-deputado Jami Asfury mude o tom na campanha. Nenhum Pastor evangélico tem a chave do céu.

SONHANDO COM O PARAÍSO

Já escutei das cabeças mais coroadas do MDB, de que o sonho do partido era ter recebido do governador Gladson de porteira aberta para abrigar os seus indicados, a Secretaria de Educação. Por isso as suas lideranças dizem que não se sentem contempladas no governo.

JUSTAMENTE ONDE DEU CERTO

E a cada dia que passa vai ficar mesmo no sonho dos emedebistas ter a pasta, o secretário de Educação, Mauro Sérgio, é um que vem dando conta do recado e com sua ação elogiada até por petistas.

OU FAZ OU DESOCUPA A MOITA

Acabou o carnaval e agora é política. O governador Gladson Cameli tem que decidir o mais breve possível se o seu partido terá ou não candidato a prefeito. Ou faz ou desocupa a moita.

E-MAIL QUE CHEGA

Chega um e-mail perguntando se eu sei de que já tem engenheiro arrumando empresas para obras que não foram nem licitadas, como a do calçadão do Bairro 15 e a da revitalização do igarapé São Francisco. Não vou dar o nome, vamos aguardar para ver se não é rebate falso.

TESE QUE PODE ANULAR

A ser aceita tese do advogado Pedro Longo de que a justiça estadual não é competente para julgar ações de secretários da prefeitura de Cruzeiro do Sul, por envolver verbas federais, os atos praticados até aqui poderão ser nulos e o caso passará à esfera federal. É aguardar.

SEM VALOR CIENTÍFICO

Não público enquete (embora respeito quem publica), sobre candidatos a prefeito sejam quais forem os envolvidos, por um prisma legal: este tipo de medição de popularidade não tem embasamento científico. Pode-se pegar uma claque e mandar votar na internet em um candidato que aparece ganhando. Prefiro esperar as pesquisas dos institutos para comentar.

AGINDO COM CAUTELA

A candidata a prefeita de Rio Branco, deputada federal Vanda Milani (SD) está tendo os apoios ao seu nome costurados sem alarde pelo presente Israel Milani. A política é como um jogo de baralho, as cartas só devem ser apresentadas no momento certo para gavião não comer.

TOMARA QUE CONTINUE

As ações das forças de segurança começam a colher melhores resultados, principalmente, na tirada de marginais das ruas com as rondas e na elucidação dos crimes de execuções. Tomara que continue neste batida, porque quem ganhará com os avanços é a população sitiada.

ELE NÃO!

PSD-MDB- PL- PROGRESISTAS são partidos que os seus dirigentes rejeitam qualquer aliança com o PSDB para a disputa da prefeitura da capital. É o que se ouve dos seus cardeais.

SERIA ATÉ UMA AFRONTA

O deputado Roberto Duarte (MDB) diz que o governo do Gladson é pautado por “fuxicos” e “fofocas”, saiu da crítica à gestão para a crítica baixa. Resta saber se o senador Márcio Bittar (MDB) terá a desfaçatez de num eventual segundo turno em que o Duarte por acaso chegar, de pedir o apoio da máquina governamental. E o Cameli seria também masoquista se o apoiar.

É PANCADA MESMO

O deputado Roberto Duarte (MDB) se vangloria de ser um político “independente”. É uma joça, ninguém é mais oposição ao governo do Gladson do que o deputado Roberto Duarte (MDB). Os discursos do Roberto enchem de alegria os deputados do PT e do PCdoB.

É MUITA CARA DURA!

E o deputado Roberto Duarte (MDB) ainda tem a coragem, a cara dura, de dizer que é “amigo” do Cameli. Quem tem amigo como o Duarte, que dá pancada todo dia, não precisa de inimigo.

NÃO O AVALIEM COMO TAPADO

Erra quem avaliar o ex-prefeito Angelim como sendo candidato a prefeito da capital pelo PT, num momento em que a credibilidade do PT foi jogada no fundo do poço na última eleição, com o partido fora do poder, iria virar bucha de canhão. O Angelim não é um tapado político.

NÃO DÁ PARA ENTENDER!

Como uma cidade como Manuel Urbano, de poucas ruas é dominada por grupos criminosos? Alguém explica isso? A área urbana do município é um ovo todos conhecem todos.

FORA ISSO É BURRICE

Com uma candidatura do seu partido a prefeito da capital estaria justificada a entrada do governador na campanha. Mas sem essa candidatura e apoiar alguém no primeiro turno seria passar um atestado de burrice política. O certo, no caso, seria ficar neutro no primeiro turno.

FORA DE COGITAÇÃO

Tudo que se disser sobre o apoio do senador Sérgio Petecão (PSD) neste momento a um candidato a prefeito da capital é chute, adivinhação, ilação, ele só pena em tomar posição bem mais à frente e com o quadro de candidatos já formado. Antes disso é afobação, enfatiza.

NINGUÉM ME AMA, NINGUÉM ME QUER

O outrora todo poderoso Partidos dos Trabalhadores vive um momento triste na sucessão municipal, na capital, está naquela de ninguém me ama e ninguém me quer.

 COLOCA O SIBÁ

Já que ninguém no PT quer ser candidato a prefeito de Rio Branco, ninguém quer o apoio do partido, chama o Sibá Machado que topa a parada. Acho até ser o único que toparia o jogo.

FERNANDO ZAMORA

Mais um nome a entrar na ciranda de candidatos a prefeito de Rio Branco: pecuarista Fernando Zamora. Seu nome será lançado pelo PSL na segunda-feira, dia 9.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas