Conecte-se agora

Com mais de 130 casos suspeitos no Brasil, Acre segue plano de contingência contra coronavírus

Publicado

em

O anúncio oficial do primeiro caso de coronavírus (Covid-19) no Brasil acendeu o alerta para que os estados sigam garantindo medidas contidas nos seus planos de ação para a prevenção e o enfrentamento da doença. De agora em diante, o Plano de Contingência e Ação Estadual do Acre para Infecção Humana pelo Novo Coronavírus norteará os procedimentos que serão necessários para evitar da melhor forma possível a disseminação do vírus na comunidade.

Com a entrada do vírus no país, é muito provável que ele se espalhe para os demais estados, inclusive o Acre. Algo que os infectologistas e técnicos não vêem como uma situação em que as pessoas devam encarar com desespero.

“Isso [a chegada do Covid-19 ao país] não é motivo para pânico”, garante Glória Nascimento, chefe do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre).

FOTO: JUNIOR AGUIAR/SECOM-AC

Na tarde desta quinta-feira, 27, os técnicos do DVS estiveram realizando mais uma de uma série de capacitações que vêm sendo feitas com todos os profissionais de Saúde, dessa vez com os profissionais do Serviço Móvel de Urgência e de Emergência (Samu).

“O que as pessoas devem fazer é ficar atentas aos cuidados com a higiene pessoal. Isso sim”, completa Nascimento. “É preciso que as pessoas estejam atentas às dicas de proteção contra o contágio. Se adotarem esses procedimentos, as chances de serem contaminadas é praticamente zero”, endossa Tania Bonfim, responsável técnica pela Vigilância da Influenza, uma área do DVS.

FOTO: ODAIR LEAL – SECOM AC

Ela explica que as duas enfermarias de isolamento, anunciadas ainda em janeiro, continuam prontas para receber pacientes eventualmente contaminados, na verticalização do novo Pronto-Socorro de Rio Branco. “Se for preciso, teremos até uma ala inteira para isso e ainda o isolamento da Fundação Hospitalar do Estado do Acre, mas é pouco provável que precisaremos de tantos leitos”, afirma Tania Bonfim, numa situação hipotética.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas