Conecte-se agora

Vereador afirma que terá oito assinaturas em CPI para investigar gastos de Ilderlei Cordeiro

Publicado

em

Na sessão do último dia 18, da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul, o vereador emedebista Antônio Cosmo apresentou requerimento para instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o possível desvio de dinheiro da prefeitura de Cruzeiro do Sul por meio de uma empresa.

De acordo com o vereador, a prefeitura repassava dinheiro para a CBCN, que subcontratou uma empresa que teria recebido R$ 7 milhões de agosto até este ano. Segundo ele, não há comprovação do uso desse dinheiro.

Para aprovar a CPI, são necessárias oito assinaturas. Cosmo conta com os cinco votos da bancada do MDB mais o vereador Onofre Brito do PDT. E em tom misterioso diz que deverá conseguir as oito assinaturas, contando com colegas que compõe a base de apoio do prefeito Ilderlei Cordeiro.

O parlamentar não divulga os nomes, apenas disse “acredito sim que vereadores da base do prefeito vão assinar”. O vereador Elenildo da Pesca, que já chegou a anunciar a saída do Progressista, de Ilderelei, mas acabou ficando, não negou e nem confirmou se assinará o requerimento. “Vou analisar “, informou.

No dia seguinte à prisão de sete pessoas na Operação Presságio, que prendeu a irmã do prefeito e outros acusados de desvio de recursos federais por meio da CBCN, Ilderlei negou tudo em praça pública.

Na ocasião, dos 14 vereadores de Cruzeiro do Sul, acompanharam o prefeito o presidente da Câmara, Clodoaldo Rodrigues , que está trocando o PR pelo PSDB e João Keleo e Leandro, que estão de malas prontas para o PP, de Ilderlei.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas