Conecte-se agora

Após morte de bebê, Maternidade de Cruzeiro do Sul diz que vai apurar o caso

Publicado

em

A morte de um bebê ocorrida na Maternidade de Cruzeiro do Sul na última sexta-feira, 21, deve ser alvo de uma investigação. O pai da criança afirma ter se tratado de negligência do hospital. A direção do Hospital da Mulher e da Criança do Juruá, em Cruzeiro do Sul, disse por meio de nota de esclarecimento que todos os óbitos ocorridos na instituição são apurados pelo Comitê de Investigação de Óbitos.

Conforme a nota, a gestação de Lucimeire Silva não ultrapassou 42 semanas e que após a tentativa de parto normal dela a equipe de enfermagem obstétrica verificou um sinal de alerta – bradicardia fetal, que indicou a necessidade do parto cesárea.

Após o nascimento, de acordo com a nota, a criança apresentou complicações cardiorrespiratórias, sendo encaminhada pela pediatria para a Unidade de Cuidado Intensivo Neonatal – UCIN, onde, segundo a unidade de saúde, foram utilizados todos os recursos para a melhora do bebê. A criança sofreu agravamento do quadro clínico , falecendo às 09h35 do dia 21, última sexta-feira.

Segundo o informe, a minuciosa avaliação dos registros já feita , a princípio, não encontrou indício de má conduta, ou conduta irregular, por parte da equipe da unidade com relação a Lucimeire e ao recém-nascido. Apesar da constatação inicial, a direção afirma que adotará as medidas necessárias à uma rigorosa apuração dos fatos a partir da denúncia formal da família junto à direção da unidade.

A nota é assinada pelo diretor técnico, médico Daniel Leal Lima, gerente de Assistência a Saúde, Fernando Rossi e gerente geral , Luís Rafael Gonçalves Gomes.

Ontem, o pai da criança, Lázaro Bezerra, procurou a Delegacia Geral de Polícia de Cruzeiro do Sul para denunciar o que, segundo ele, seria negligência por parte da Maternidade, a causa da morte do recém-nascido. Por causa do feriado, foi instruído a procurar amanhã, 26, a Delegacia da Mulher para registrar o Boletim de Ocorrência.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas