Conecte-se agora

Governo faz experiência visando reduzir taxa de encarceramento

Publicado

em

Aos poucos o Governo do Estado vai detalhando os objetivos do programa Acre Pela Vida, lançado recentemente em encontro institucional em Rio Branco.

Neste domingo (23), por exemplo, a Secretaria de Justiça e Segurança Pública anunciou que uma das metas é reduzir a população carcerária do Acre. A medida é apresentada dias após a constatação de o Estado é proporcionalmente o maior encarcerador do País.

De acordo com a Agência de Notícias do Acre, um projeto-piloto já foi estabelecido em uma região do Estado que registra elevado número de pessoas integrando os sistemas prisionais, onde várias ações serão estabelecidas em parceria com o sistema S, entidades religiosas, setores produtivos e de serviços, principalmente comerciais, bem como as secretarias que ofertam serviços à sociedade, permitindo avançar no sentido de atender pessoas em situação de vulnerabilidade social.

O Acre lidera o ranking de aprisionamento com 927 presos para cada 100 mil habitantes, conforme publicou a Agência de Notícias do Acre. O secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Santos, explica que essa alta taxa de encarceramento está ligada a uma série de fatores como, por exemplo, o fato do estado fazer fronteira com os países que são os maiores produtores de cocaína e atrair interesse por parte do crime organizado para a região.

“Indicadores sociais como a taxa de abandono escolar ainda no ensino fundamental, principalmente dos internos não só do sistema penitenciário bem como do sistema socioeducativo, além da taxa de desemprego e falta de oportunidade para essas pessoas que acabam sendo atraídas ainda muito jovens à criminalidade”, observou Paulo Cézar.

”O programa tem um viés quase que integral, preventivo e atua em dois níveis de prevenção: o primário, que se dá ao alcance familiar, principalmente através da assistência social e da educação; e o terciário que é destinado à ressocialização de egressos do sistema penitenciário e socioeducativo”, explicou o secretário.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas