Conecte-se agora

Liberados da prisão após operação da PF estão sob restrições

Publicado

em

Os sete acusados de desvio de verbas federais destinadas à prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio da ONG CBCN, foram soltos nesta sexta feira, 21, à noite com várias restrições impostas pela juíza Adamarcia Machado, titular da 1° Vara Criminal de Cruzeiro.

Conforme os autos, eles não poderão ter contato entre si pessoalmente ou por qualquer meio, nem com pessoas físicas ou jurídicas contratadas pela CBCN.

Também estão proibidos de entrar nos órgãos públicos municipais de Cruzeiro do Sul e tiveram suspensos os direitos de exercer função pública, bem como de exercer atividade de natureza econômica ou financeira em órgãos públicos.

Os recém-liberados não poderão se ausentar da Comarca em que vivem sem autorização judicial e terão que entregar os passaportes à justiça.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas