Conecte-se agora

PT aciona Lucas Gomes na justiça após afirmação de que o partido negociava com o crime

Publicado

em

Após a Ordem dos Advogados do Brasil no Acre (OAB-AC) pedir explicações ao presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) sobre as acusações de que alguns advogados acabam contribuindo com o crime “levando e trazendo informações” dentro do presídio, o presidente do órgão, Lucas Gomes, tem mais uma dor de cabeça. É que a direção regional do Partido dos Trabalhadores (PT) no Acre decidiu ingressar na justiça com uma ação por danos morais contra Gomes.

A ação foi motivada por uma postagem que o policial penal fez em uma rede social no último dia 12 de fevereiro. No Facebook, o presidente do Iapen afirmou que a única forma de não receber críticas no sistema penitenciário é seguir a receita do PT, ,referindo-se a supostas distribuição de cargos, negociações com o crime organizado e ampliações de regalias para os criminosos.

“Compreendendo que a postagem, de forma acintosa apresenta uma acusação de grande gravidade contra o PT, nos acusando, sem qualquer prova ou fundamento, de distribuir cargos para “lideranças” políticas e, mais grave ainda, que negociamos com o crime organizado e que ampliamos as regalias para criminosos, não podemos permitir tamanha calúnia” , afirma Cesário Braga, presidente estadual do PT.

Veja a postagem de Lucas Gomes:

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas