Conecte-se agora

O nome dos bois, Calegário?

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

“Eu vou logo falando. Eu quero que alguém do governo diga que eu tenho que provar. É bom que vamos prestar esclarecimentos no foro legítimo que é a polícia. Existe gente em nome do governo pedindo 20% para poder resolver questão de pagamento. Isso é muito grave”, disse o deputado Fagner Calegário (PL) na tribuna da Assembleia Legislativa. Vamos direto ao ponto: Por que o deputado Calegário não procurou o Ministério Público Estadual ou mesmo a Polícia Civil ou a Federal para denunciar o descalabro de um agente público ter pedido propina para que recebesse pagamento? Todo cidadão comum tem essa obrigação. Imagine um deputado, cujo uma das funções básica é exatamente fiscalizar e denunciar os “ilícitos”. Antigamente o MP, a justiça ou alguém interpelaria o parlamentar. Já que estamos no campo do futuro do pretérito, Calegário estaria ameaçando? Tentando chantagear o governo? Estaria prevaricando? Tem dinheiro para receber dos cofres públicos? Qual é a do deputado Calegário, dê logo o nome aos bois homem!? Deixe de conversa fiada!

Bate papo com o Gladson

Tive uma conversa com o governador Gladson Cameli (Progressista) em seu gabinete no Palácio Rio Branco onde gentilmente me recebeu para um bate papo. Não quis responder as críticas do ex-governador Jorge Viana (PT) que chamou o governo de “um bagunça”. Deixou a cargo do líder na Aleac, Gerlen Diniz. Mesmo assim redarguiu: “A única bagunça que tem aqui é a que o PT e o governo do Tião, irmão dele, deixou para eu arrumar”.

Sem candidato

Declarou que ainda não tem candidato a prefeito em Rio Branco, mas que não ficará de fora. (Brincando ou não) diz que até prefeita Socorro Neri poderá ser a ungida pelo Palácio Rio Branco. Porém, não deixa de elogiar muito as articulações política que o vice-governador major Rocha faz para viabilizar Minoro Kinpara.

Sobre o Rocha

“Eu e o Rocha somos parceiros, somos amigos. Todos os passos que ele dá na política conversa comigo. É um político muito leal a mim, mas também sou leal a ele. Acho que nunca um governador prestigiou tanto um vice”. Sobre apoiar Minoru, Gladson dá apenas um sorriso e desconversa.

Progressistas

Gladson não aprofunda a conversa sobre o Progressista, mas dá para sacar nas entrelinhas que ele não tem interesse algum em apoiar qualquer candidato do seu partido a prefeito que não tenha a menor chance. Seria desgaste político.

Roberto Duarte

“Juro pela alma de meu filho que não tenho um pingo de raiva do deputado Roberto Duarte. Ele não é o problema, não quer tomar o meu cargo. O problema se chama MDB, mas é necessário aprender a lidar com essa situação, já que é um importante partido da base”.

O ano passado

Gladson Cameli reclama da pouca divulgação do que o governo dele fez o ano passado. “Foi um ano de muitas conquistas, fizemos muitas coisas, mas não chega até a população. Estou resolvendo isso até o final de março. Tenho que melhorar a divulgação das ações do meu governo”. Esse ano, segundo ele, muitas obras terão início.

Rocha fala…

Conversei também com o vice-governador major Rocha. Segundo ele, o quadro em Cruzeiro do Sul sofre mudanças (o que é natural) com a Operação Presságio da PF na prefeitura. “O nome do deputado Luís Gonzaga não é imposição nenhuma, surgiu como alternativa para disputar a prefeitura de CZS, o tempo dirá se é viável ou não. Os tucanos estão também fazendo alianças pontuais com o PROS em alguns municípios”, explicou Rocha.

TIROTEIO

. Ainda sobre a conversa com o governador Gladson ele pontuou que a eleição de Cruzeiro do Sul será uma grande surpresa.

. Nomes novos que nunca foram da política podem surgir, como de médicos, por exemplo!

. O planejamento estratégico de uma prefeitura interiorana inclui “detonar” um site contrário e um repórter político.

. A imbecilidade ganha contornos inimagináveis, só podem estar cultuando o demônio secretamente pelo poder.

. Não há explicação plausível, racional para tal ideia estapafúrdia!

. Nos últimos três dias o anjo da morte, ao que parece, andou dando uma refrescada na cidade, as execuções quebraram o ritmo.

. Glória a Deus, Jesus! Amém! Amém! Amém!

. Deputado Calegário tem que lê Juca Pirama (Gonsalves Dias)!

. Vai aí uma estrofe:

Um velho Timbira, coberto de glória,
Guardou a memória
Do moço guerreiro, do velho Tupi!
E à noite, nas tabas, se alguém duvidava
Do que ele contava,
Dizia prudente: — “Meninos, eu vi!.

. O senhor viu?

. O governo Bolsonaro é agora, de fato, o regime dos generais!

. Bom dia!

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas