Conecte-se agora

Educadores acusam governo de tentar dividir o Sinteac

Publicado

em

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac) usou as redes sociais neste sábado, 15, para acusar o governo do Acre de tentar desmembrar o sindicato com supostos interesses políticos. A representante do sindicato, Rosana Nascimento, afirma que a Secretaria Estadual de Educação (SEE) e articuladores do governo buscaram dar um “golpe baixo” na direção do Sinteac. Segundo ela, a SEE teria se reunido com outra entidade e também núcleos da Educação ligados ao PT e PC do B para tentar dividir a direção do Sinteac.

“Tentativa desesperada de enfraquecer a presidente da entidade [Rosana Nascimento]. O secretário Mauro Sérgio, acompanhado de dirigentes do Sindicato dos Professores da Rede Pública de Ensino (SinproAcre), se reuniu a portas fechadas no gabinete da Casa Civil para tratar da extensa pauta de reivindicação da nossa categoria”. Nascimento salienta que o SinproAcre é uma entidade sem nenhuma representação sindical após a decisão da Justiça do Trabalho.

“O Sinteac é o único detentor do registro sindical do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), consequentemente o sindicato que tem representação jurídica para falar em nome da categoria da educação no Estado do Acre”, garante a sindicalista. Ela assegura que o governo de Gladson Cameli não busca negociar as causas dos educadores com o representante legal da categoria. “Tem que negociar com o Sinteac e deixe de artimanhas em busca de nos enganar por mais um ano. Negocie com quem representa a categoria”, escreveu Rosana.

Rosana garantiu que continua pressionando o governo para negociações, mesmo com o secretário Mauro Cruz “se reunindo com os núcleos ligados ao PT e PCdoB”, disse. “Não vai se livrar do nosso sindicato que é bem maior, e tem defendido nas escolas e nas ruas a pauta dos trabalhadores em educação”, comentou.

Ela ainda pede que o governo negocie e feche acordo. “Deixe de enrolação e tentar dividir o Sinteac. Quem vai quando o senhor chama para acordos prejudicando a categoria não tem compromisso com os nossos servidores. Não use do golpe sujo e baixo, quem representa professores, funcionários e diretores é o Sinteac”, afirmou Nascimento. A secretaria não se manifestou publicamente sobre as acusações.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas