Conecte-se agora

PT e PSB devem seguir com aliança para tentar reeleição em Xapuri

Publicado

em

Uma parceria que tem dado certo. É assim que o prefeito de Xapuri e pré-candidato à reeleição, Ubiracy Vasconcelos (PT), define a aliança com o PSB, do deputado estadual Manoel Moraes, que venceu a última eleição municipal. A vice-prefeita, Maria Auxiliadora, é esposa do parlamentar e tem exercido efetivamente o cargo, coisa incomum na história das gestões municipais, quando, geralmente, os vices são mantidos a certa distância da prefeitura.

Mesmo assim, a companheira do deputado não deverá voltar a compor uma futura chapa à reeleição. Não por desejo de Ubiracy, mas por decisão da própria família Moraes, que tem outros planos, de acordo com fonte ligada ao grupo político. A partir do ano que vem, Maria deverá se dedicar mais aos negócios da família. Desta maneira, o PSB indicaria o atual secretário municipal de saúde, Wágner Menezes, ou o advogado Maxsuel Maia.

Manoel Moraes também avalia positivamente a parceria com o PT no município. No entanto, mesmo havendo muitos motivos para a aliança prosseguir, o deputado diz que todos os cenários serão analisados para uma decisão sensata. Segundo ele, nas conversas sobre o futuro da parceria ficou explicado que o PSB vai priorizar a chapa para vereadores, pois há a orientação da direção nacional para que partido tenha candidatos.

“Falei que precisa de estrutura vinda de Brasília. Precisamos conversar com as pessoas que querem ser candidatas e levar para uma reunião com a direção partidária para uma melhor avaliação e possível encomenda de pesquisa. Nossa parceria com o Bira tem sido boa e será, também, colocada para avaliação da direção local. Temos que analisar todos os cenários para uma decisão acertada. Em resumo está assim. Até abril definimos”, comentou.

O prefeito Ubiracy Vasconcelos afirma que sobre a continuação da aliança com o PSB, o pensamento do PT é o de “sempre somar e multiplicar, não dividir”. Segundo ele, a posição do partido é de fortalecer a proposta “Xapuri de Mãos Dadas”, acreditando que há espaço para agregar pessoas ou partidos que estejam dispostos a se doar em prol do coletivo. Nesse sentido, ele afirma que a renovação da parceria depende apenas de ajustes.

“Especificamente, no caso do PSB, temos uma parceria de três anos de administração bem sucedida e creio que a discussão daqui pra frente depende de ajustes no tamanho da responsabilidade de cada partido e na possível divisão dessas responsabilidades com outros possíveis partidos e pessoas que queiram se incorporar à luta de uma Xapuri cada vez melhor”, disse o prefeito.

Nem carne, nem peixe

Em Xapuri, Bira Vasconcelos é apontado até mesmo por adversários como favorito à reeleição. Tem feito uma administração equilibrada com os poucos recursos de que o município dispõe, o que tem lhe rendido boa avaliação. Outro fator que conta a favor do gestor petista é que, apesar de convicto de suas posições, se relaciona bem com gregos e troianos e muito menos gosta de bancar o doutrinador. Nem carne nem peixe, como se costuma dizer.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas