Conecte-se agora

Polícia Civil prende suspeito de assassinar chilena a golpes de faca em Rio Branco

Publicado

em

Nesta sexta-feira (14) a Polícia Civil prendeu o homem suspeito de assassinar a chilena Karina Constanza Bobadilha Chat, de 22 anos. Ele foi preso escondido na zona rural da cidade de Feijó.

Segundo as investigações, ela foi morta depois de se negar a ter um relacionamento com o suspeito. A vítima foi morta com vários golpes de faca no dia 1, de fevereiro e o corpo foi encontrado na Avenida Amadeo Barbosa, em Rio Branco, no domingo (02).

No dia do crime, a chilena tinha almoçado com o suspeito, na casa dele e, segundo a versão do suspeito dada à polícia, à noite ocorreu uma discussão, que resultou na morte da vítima.

“Ele relata que ela queria ir para Porto Velho e ele não queria que ela fosse, porque estava querendo manter uma relação amorosa com ela e ela não queria. Ocorreu que ele foi tentar segurar o braço dela, ela o empurrou dizendo que não. Com raiva, acabou esfaqueando a vítima”, contou o delegado, Marcus Cabral, responsável pelo caso.

Segundo informações, os agentes realizaram um compartilhamento de informações entre as polícias de Sena Madureira, Feijó e Cruzeiro do Sul para realizar a captura do elemento. O homem foi encaminhado para o Complexo Prisional Francisco D’Oliveira Conde (FOC), na capital acreana.

Com informações G1 Acre

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas