fbpx
Conecte-se agora

Faccionados atiram para o alto em enterro de membro do CV

Publicado

em

Adriel da Silva, de 20 anos, morreu no início desta semana durante um confronto ocorrido entre militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) com supostos membros de uma organização criminosa O caso aconteceu no Conjunto Rosa Linda na última segunda-feira, dia 10, e deixou, além de um morto, outro ferido e duas mulheres presas. Um vídeo começou a circular nesta quinta-feira, 13, apontando o que aconteceu no momento do enterro de Adriel, que aconteceu nessa quarta-feira (12).

Nas imagens, é possível ver ao menos dois homens disparando várias vezes para o alto com armas de fogo. Informação não oficiais apontam que os tiros teriam sido efetuados por parceiros de Adriel. O vídeo foi gravado no cemitério Jardim da Saudade, em Rio Branco. A informação foi confirmada por um zelador do cemitério.

Ao menos dez tiros foram disparados. Além de armas de fogo, também fizeram queima de fogo. O vídeo de 30 segundos mostra dezenas de pessoas reunidas junto à família da vítima.

Entenda

A polícia recebeu informações de que membros de uma organização criminosa estavam reunidos em uma casa no Rosa Linda. Uma guarnição do Bope foi até o local, cercaram a residência e dois suspeitos reagiram. Na troca de tiros, Adriel foi atingido e morreu no local. Já seu comparsa foi apenas ferido com um disparo. Na ação, duas mulheres ainda não identificadas foram presas. Duas armas de fogo também foram apreendias. O caso está sob a responsabilidade de investigação da Polícia Civil.
VEJA O VÍDEO:

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas