fbpx
Conecte-se agora

Progressistas no jogo da prefeitura 

Publicado

em

Uma reunião decisiva está marcada para a próxima semana, com a chegada em Rio Branco da senadora Mailza Gomes, presidente do PROGRESSISTAS, com o governador Gladson Cameli e as  demais lideranças partidárias, para discutir como tema central o lançamento de uma candidatura própria a prefeito da capital. A informação foi passada ontem ao BLOG DO CRICA pelo deputado José Bestene (PROGRESSISTAS), que não vê sentido num partido grande como o seu, que tem o governador do Estado, servindo de escada para outras siglas e sem uma candidatura à PMRB. Bestene acredita que o governador Gladson deve assumir o timão da eleição municipal e anunciar um candidato do PROGRESSISTAS. “Depois que o Gladson disser que terá candidato, a etapa seguinte será partir para agregar o maior número de partidos para a formação de uma aliança”, destacou. Até aqui manifestaram o desejo de ser candidato á PMRB o advogado Luziel Carvalho e o secretário Thiago Caetano. O deputado Bestene só entraria neste cenário por uma convocação do governador. Não tomaria a iniciativa de partir para a disputa. Caso o governador decida ter um candidato do seu partido a prefeito, com certeza vai mudar a configuração do quadro eleitoral para a prefeitura da capital.

DESTRAVARIA O DEBATE

O lançamento de uma candidatura ou não a prefeito da capital pelo PROGRESSISTAS, tem que ser decidido por quem tem o poder do partido nas mãos, que é o governador. Esta decisão, que destravaría o debate, não pode demorar mais, para acabar com o festival de especulações.

E MAIS NINGUÉM

E só quem pode dar um fim nesta novela é uma decisão do governador Gladson Cameli 

EXEMPLO DE GESTÃO

Enquanto o governador Gladson Cameli não consegue encontrar um meio para sair do limite de gasto com pessoal, o que impede novas contratações, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro dá um exemplo de gestão: fez concurso e chamou para assinar contrato mais de 500 aprovados para o quadro de servidor efetivo. Deve muito este ajuste na gestão fiscal à secretária Idelcleide Cordeiro, que promoveu um enxugamento na máquina municipal.

PEÇA FUNDAMENTAL

A entrada da Idelcleide Cordeiro na prefeitura de Cruzeiro do Sul foi decisiva para que o prefeito Ilderlei Cordeiro tivesse condições fiscais de realizar concurso público para 500 novos servidores, asfaltar ruas em grande escala, e lançar o programa de distribuição de mil cestas básicas às famílias de baixíssima renda. A Idelcleide conseguiu de fato arrumar a casa.

TINHA AVISADO

Na oposição já se ouvia ontem na ALEAC que estão sendo levantadas as compras feitas pelas secretárias sem licitação direta – os secretários têm optado pelas “caronas – para encaminhar ao MP. Questionam pelo fato de haver instalada uma Comissão de Licitação no Estado.

O JV NÃO É BURRO

Há quem acredite que o PT ainda acabará lançando o ex-senador Jorge Viana a prefeito de Rio Branco. Penso o contrário. Embora seja a maior liderança petista, a sua candidatura não seria garantia de vitória, e sabe que, perdendo uma disputa para a PMRB, complicaria para 2022.

AFASTA DE MIM ESTE CÁLICE

O deputado Daniel Zen (PT) não quer nem ouvir falar em ser candidato a prefeito de Rio Branco. Quando perguntado por jornalistas se vai para o embate, é enfático: “Tô Fora!”.

PELO ANDAR DA CARRUAGEM…

Pelo andar da carruagem vai acabar sobrando para o faz de tudo no PT, Cesário Braga, ser o candidato a prefeito de Rio Branco. Angelim não quer, Binho não quer, Zen não quer, então, vai que é tua, Cesário!

ZÉ BUCHINHO ESTÁ CHEGANDO

O empresário Zé Buchinho está inclinado em ser candidato a vereador pelo PSD, recebeu convite-intimação do senador Sérgio Petecão (PSD) para tentar uma vaga na Câmara Municipal de Rio Branco. Uma boa notícia! O Zé é uma pessoa equilibrada, afável, e de muitos amigos.

NO MINUTO FINAL DA PRORROGAÇÃO

O senador Sérgio Petecão (PSD) disse ontem ao BLOG que não vai declarar apoio a nenhum os candidatos a prefeito de Rio Branco num curto prazo. Diz que este apoio só será conhecido no minuto final da prorrogação das convenções municipais. “Até lá vou me guardar”, enfatizou.

É PARA SE PREOCUPAR

Santa Rosa, pela proximidade com uma comunidade peruana, é um escoadouro ao tráfico de drogas. O senador Petecão (PSD) alerta que, o problema poderá se agravar a se confirmar a retirada de policiais federais daquele município, pelo temor que os traficantes têm da PF.

PERDE A SEGURANÇA

Esta Ação Popular movida contra o diretor do IAPEN, Lucas Gomes, vem no rastro da briga em que estão envolvidos dois grupos de agentes penais. Briga nada interessante à Segurança.

BRIGA PESSOAL

É mais um capítulo da briga pessoal entre o ex-presidente da Associação dos Agentes Penais, Janes Peteca, com o grupo ligado ao atual diretor do IAPEN, Lucas Gomes. Não passa disso.

NÃO TERIA IMPACTO

A proposta de criação de uma Guarda Municipal como um dos antídotos para derrubar os índices alarmantes da violência na cidade, é uma sugestão que nada resolve. Falo no contexto geral de medidas, poderia gerar alguns empregos, mas não impactaria no combate ao crime.

SEM JUÍZO DE VALOR

Não posso fazer nenhum juízo de valor sobre o novo plano de segurança do governo, porque não se pode avaliar o que ainda está no embrião e não foi colocado em prática. Elogiar ou criticar hoje é prematuro, sem conhecer os resultados no médio prazo de sua execução.

TREMENDA BOBAGEM

Alguns afoitos acham que junto com o novo plano deveria ter vindo a mudança do secretário de Segurança, Coronel Paulo César. Uma tremenda bobagem. Ninguém faria melhor do que está fazendo, é um profissional dedicado, conhecedor do problema, que busca soluções.

NO LUGAR CERTO

Outro que é capaz e está no lugar certo é o Delegado Geral de Polícia Civil, Henrique Maciel, que deu uma boa acelerada na elucidação de autores dos crimes praticados por facções.

APRENDE O CAMINHO

Ponto para o governo e para a gestão do secretário de Educação, Mauro Sérgio, com a distribuição gratuita de fardamento escolar e dar duas refeições aos alunos. Para fechar o ciclo com sucesso só falta ao secretário Mauro descobrir o endereço da Comissão de Licitação.

 FALANDO DE EDUCAÇÃO

Ainda falando de Educação. A presidente do SINTEAC, Rosana Nascimento, tem legitimidade para fazer qualquer crítica, cobranças, ao secretário Mauro Sérgio, porque foi uma dura crítica do governo passado na sua área. Ninguém pode lhe acusar de ser incoerente no atual cenário.

VOZ DE QUEM CONHECE

É para se debruçar no comentário do ex-secretário de Fazenda, Geraldo Maia, profundo conhecedor das finanças estaduais, sobre o que significaria o Estado abrir mão da cobrança do ICMS sobre combustíveis. Não é algo simples. Perderia o Estado uma receita de cerca de R$ 225 milhões no orçamento e as prefeituras R$ 75 milhões. Uma pergunta do BLOG: que medida econômica compensatória o governo buscaria para cobrir este rombo orçamentário?

NÃO SE PODE FALAR SOB IMPULSOS

A declaração do Gladson Cameli, até acredito que foi cheia de boas intenções, mas com certeza foi dita num impulso e sem medir o tamanho do estrago nas finanças estaduais. Quem é que não quer ver o preço do combustível despencar? Todo mundo. Falo do campo econômico.

VIOLÊNCIA CRESCENTE

São 58 mortes registradas em 42 dias de 2020. São 47 mortes em janeiro e 11 em fevereiro. Um dado que é alarmante e não pode deixar de ser discutido diariamente. Não se pode brigar com a realidade de que até aqui (oremos para que mude) o Estado não conteve os bandidos.

NÃO É ISSO

O projeto do Instituto da Saúde em discussão apenas criaria condições de abrigar os servidores do PRÓ-SAÚDE, mas não resolveria suas situações jurídicas, consideradas irregulares pelo MTB. Vamos jogar com a verdade para não se criar mais um factóide sobre o objetivo do projeto.

FALTA SABER DO AGREGADO

Que a prefeita Socorro Neri vai disputar um novo mandato isso é assunto superado, será candidata. Falta saber o agregado, que é com que aliança disputará: se com o PT ou sem o PT.

CULTURA ESPORTE

O deputado Daniel Zen (PT) defende que o governo poderia dar uma contribuição no combate à violência com reflexos num prazo mais dilatado, se dobrasse os investimentos em cultura e esportes, porque criaria mecanismos que poderiam ocupar os jovens, evitando a entrada no crime. Isso agregado ao combate ao crime para o enfrentamento imediato ao atual momento.

FRASE MARCANTE

“Eu até faria uma piada sobre os políticos, mas eles roubaram a graça.” Máxima do humor político. 

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas