fbpx
Conecte-se agora

Acordo Empresarial que estipula integração entre Cruzeiro do Sul e Pucallpa, no Peru, é assinado

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

O encontro de negócios ocorrido nos dias 10 e 11 de fevereiro na cidade de Pucallpa, capital do Departamento de Ucayali, no Peru, que levou empresários e políticos a discutir a integração comercial com o país vizinho resultou também na assinatura do Acordo Empresarial Peru – Brasil, que implementa mais medidas relacionadas ao plano de trabalho da “Declaração de Interesse para a Conectividade Multimodal de Pucallpa (Peru) – Cruzeiro Do Sul (Brasil)”, assinado na cidade de Pucallpa em 04 de outubro de 2019.

A assinatura das autoridades, ocorrida nessa terça-feira, dia 11, também adiciona medidas à ata da reunião de trabalho da apresentação do Plano de Integração Multimodal entre Pucallpa (Peru) – Cruzeiro do Sul (Brasil), assinado no município de Cruzeiro do Sul em 19 de novembro de 2019.

A ideia de ampliar o acordo veio após amplo debate e troca de opiniões das reuniões de trabalho com a presença do embaixador Rodrigo Soares, autoridades da região de Ucayali – Peru e Acre, prefeitos do Peru e Brasil, câmaras de comércio de ambos os países, bem como as equipes técnicas das secretarias de integração de Ucayali – Acre, desenvolvidas na cidade de Pucallpa nos dias 10 e 11 de fevereiro.

Assinaram o acordo autoridades de ambas as regiões que participaram das reuniões de trabalho de desenvolvimento no Encontro Ucayali-Acre 2020, Francisco Antonio Pezo Torres, Governador Regional de Ucayali (Peru), Luis Guillermo Hidalgo Okimura, Governador Regional de Madre de Dios (Peru), Pedro Ubaldo Polinar, Governador Regional de Pasco (Peru) e Wherles Fernández Da Rocha, Vice-Governador do Estado do Acre (Brasil), o presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac), José Adriano e o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro.

Foram estabelecidos os seguintes acordos:

Acordo 1. As autoridades do Estado do Acre (Brasil) administrarão a ratificação perante o Congresso, os Acordos-Quadro entre Localidades e Áreas de Fronteira, para consolidar o processo de integração entre Ucayali (Peru) e Acre (Brasil).

Acordo 2. Ambos os governos comprometem-se a consolidar os esforços para a integração via área, tornando as regras mais flexíveis entre os dois países. Para a área de conexão, as empresas escolhidas devem ser aprovadas pelos dois governos.

Acordo 3. Os dois governos (Ucayali – Acre), por meio de suas equipes dos secretários de integração técnica, comprometem-se a avaliar as propostas relativas à linha de conexão terrestre, pelas quais, após a assinatura deste ato, iniciarão procedimentos respectivos perante seus ministérios competentes. As equipes técnicas de Ucayali – Acre permanecerão em coordenação permanente. A equipe técnica do governo do estado do Acre representará o grupo de trabalho de integração regional existente no Acre, além dos seguintes: Luiz Gonzaga Alves Filho, Cadmiel José Araújo Bonfin, Alisson Cerqueira dos Santos, Gledson Pereira da Silva, Jairo Bandeira Correa, Ranieldo Gabriel de Morais, Robelson Nunes Dias e Roberto Franca Silva. A equipe técnica será representada por membros da Secretaria Técnica de Integração Ucayali – Acre pelo Governo Regional de Ucayali.

Acordo 4. Reativar os Comitês de Desenvolvimento de Fronteiras, principalmente os da província de Purus e criação dos Comitês das zonas Norte e Sul.

Acordo 5. O Peru deve ratificar o Acordo de Aprofundamento Econômico perante o Congresso da República, um acordo que foi ratificado pelo Brasil em 2016, este documento também consolidaria o Acordo Econômico Complementar (ACE 58).

Acordo 6. Fortalecer os vínculos comerciais, através da criação de uma Mesa-Redonda Permanente de Negócios Peru-Brasil e estabelecer um plano de trabalho composto por câmaras de comércio, associações comerciais, federação de indústrias e federação de comércio.

Acordo 7. Desenvolver uma relação produtiva de oferta entre os dois países para identificar os mecanismos que facilitam as exportações e importações.

Acordo 8. A segunda reunião de trabalho entre prefeitos será realizada na cidade de Cruzeiro do Sul – Acre nos próximos meses do ano em curso, para a qual o convite será canalizado através do Governo Regional de Ucayali ou do Município Provincial de Coronel Portillo.

Acordo 9. Estabelecer alianças estratégicas entre o SENASA – Peru e similares no Brasil, para determinar os requisitos para a concessão de licenças de saneamento nos dois países.

Acordo 10. A relação de presença dos grupos de trabalho faz parte deste ato.

Propaganda

Destaque 5

Abate de bovinos caiu e o de suínos e frangos subiu, diz IBGE

Publicado

em

Resultados preliminares da Estatística da Produção Pecuária, que o IBGE divulgou nesta semana, apontam que o abate de bovinos caiu 1,8% e o de suínos e frangos subiu 6,1% e 2,8%, respectivamente, no último trimestre de 2019, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Já em relação ao terceiro trimestre de 2019, o abate de bovinos reduziu 5,4%, o de frangos caiu 1% e o de suínos subiu 1,5%.

No último trimestre do ano passado, foram abatidas 8,04 milhões de cabeças de bovinos, com uma produção total de 2,08 milhões de toneladas de carcaças, uma alta de 5,1% em relação ao trimestre anterior e de 0,5% em comparação com o quarto trimestre de 2018.

O abate de suínos alcançou 11,87 milhões de cabeças, chegando ao peso acumulado das carcaças de 1,06 milhão toneladas, com altas de 7,8% em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior e de 0,4% em relação ao 3° trimestre de 2019.

Já o abate de frangos chegou a 1,46 bilhão de cabeças, com peso acumulado de 3,36 milhões de toneladas. Na comparação trimestral, o número representou queda de 2,6% e, frente ao último trimestre de 2018, o acréscimo foi de 0,8%.

A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob inspeção sanitária municipal, estadual ou federal foi de 6,64 bilhões de litros no último trimestre de 2019, uma queda de 0,9% em relação ao mesmo período do ano anterior, mas um aumento de 5,5% com o terceiro trimestre do ano.

Já a produção de ovos de galinha bateu outro recorde ao alcançar 981,54 milhões de dúzias, um crescimento de 1,7% na comparação trimestral e de 4,3% na anual.

A pesquisa mostra ainda que os curtumes que trabalham com, pelo menos, cinco mil unidades inteiras de couro por ano receberam 7,88 milhões de peças no quarto trimestre do ano passado. Essa quantidade foi 12,4% menor na comparação com o mesmo período de 2018 e 8,2% menor do que a registrada no terceiro trimestre do ano passado.

Os dados completos da pesquisa, incluindo o fechamento do ano e os resultados regionais, serão apresentados em 19 de março.

*Com informações da Agência IBGE Notícias.

Continuar lendo

Destaque 5

Mais de 75,7 mil foram atendidos no PS de Rio Branco, em 2019

Publicado

em

O governo de Gladson Cameli considera o Pronto Socorro de Rio Branco a maior unidade de saúde do oeste da Amazônia. O Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), atendeu a pelo menos 75.793 pessoas em 2019, a maioria – 11.364 pacientes – na classificação de alerta amarelo, quando os casos são de gravidade moderada, sem risco imediato.

Em texto publicado em seu portal, a Secretaria de Estado da Saúde diz que desde o início da gestão as obras de ampliação não pararam: 88 novos leitos estão sendo construídos na parte posterior do hospital, numa esforço em que a própria Casa Civil, órgão ligado ao Gabinete do Governador, está engajada, resolvendo problemas pontuais na unidade e eliminando entraves burocráticos com reflexos positivos para a população.

A Sesacre diz que do dia 11 de janeiro e dia 9 de fevereiro não há macas nos corredores, “graças a um esforço coletivo que começou com a colaboração dos médicos da triagem”. Essa situação reduziu as notícias negativas do Huerb.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas