Conecte-se agora

“Operação Sossega Leão”

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE - ac24horas.com

Após o governador Gladson Cameli disparar pela imprensa uma série de ameaças de demitir os integrantes do MDB que estão em cargos de confiança na sua administração e a reação à altura de lideranças do MDB de que, não vão exercer o papel de bajuladores da Corte, e desafiaram o governo a concretizar as demissões, o governador refluiu na sua irritação e designou integrantes do chamado “Conselho de Articulação Política”, que até aqui não articulou nada, para uma conversa hoje com dirigentes do MDB, com os quais pretendem ter uma discussão política franca. Vão dizer aos emedebistas que, ou cessam as críticas do deputado Roberto Duarte (MDB) na Assembléia Legislativa contra a gestão do Cameli, ou na eventualidade deste chegar ao segundo turno na disputa pela prefeitura de Rio Branco, não terá o apoio da máquina governamental. Denominada de “Operação Sossega Leão”, o que na verdade os interlocutores do governo pretendem é um compromisso da direção do MDB de que a sua bancada na Assembléia Legislativa se engaje na defesa do governo e daqui em diante não faça mais crítica no parlamento. Na verdade, é uma proposta para que o MDB deixe de adotar uma postura de independência política e passe a compor o bloco de bajuladores do governo. Na verdade, é uma nova pressão contra o MDB, tipo do lobo com pele de cordeiro.

CAPITULAR SERIA UM DESASTRE

O deputado Roberto Duarte (MDB) capitular nesta altura do campeonato da postura de independência seria um desastre para sua imagem. Surgirão especulações de que se vendeu para o governo, que recebeu vantagens, mesmo sendo inverdades, porque isso é da política.

TIRO COM BALA DE FESTIM

Alguém precisa dizer aos integrantes do “Conselho Político” do governo que este pacto de bom viver que estão propondo com o MDB, se chocará com a própria intenção do governador Gladson Cameli, que é a de indicar um vice na chapa do PSDB. O “pacto” é um tiro de festim.

CHUVA LADEIRA ABAIXO

É até ingênua esta conversa com o MDB para calar as críticas que seus parlamentares fazem ao governo, porque não haverá como conter na campanha a carnificina que vai ser a disputa da prefeitura da capital entre os candidatos do campo do governo, brigando pelo mesmo espaço.

CAMPANHA NÃO TEM REGRA

Não conheço nos meus 40 anos de jornalismo político nenhuma proposta de compromisso de não agressão entre candidatos a cargos majoritários durante a campanha, que desse certo. Ou as agressões vão acontecer entre os candidatos ou no andar de baixo na campanha. Ponto!

NÃO VAI DEMITIR NINGUÉM

O governador Gladson Cameli, pelos indicativos que chegaram ao BLOG não vai demitir ninguém do MDB, as ameaças não passaram de arroubos de momento. Prevaleceu o bom senso dentro do governo, de problemas; basta a Segurança, Saúde, Agricultura, que não decolaram no primeiro ano de gestão. Criar uma crise política seria o pior dos cenários.

PODE DORMIR EM PAZ

O velho militante do MDB, Pádua Bruzugu, que foi sondar o senador Sérgio Petecão (PSD) se tinha informação que estaria com a cabeça a prêmio, pode dormir em paz. Não está.

SURURURU JURÍDICO

Estão se esquecendo que o MP acompanha tudo o que é publicado na imprensa sobre licitações, caronas, dentro das secretarias do Estado, isso vai acabar num sururu jurídico.

FLAUTA DESAFINADA

Apenas três deputados estaduais estiveram presentes ao encontro promovido pelo governador no último domingo com os dirigentes de todos os poderes, o que mostra que a base governista não está tocando na mesma nota musical da flauta do Gladson Cameli.

PAGANDO PARA VER

Não deu para entender o governo anunciar que vai mandar um projeto para a ALEAC, para que os policiais militares que estão à disposição de outros poderes retornem aos quartéis. Não precisa. O Gladson vai resistir ás pressões contra estas devoluções? Minha opinião: Não!

SERVENTIA DA CASA

Aliado da prefeita Socorro Neri diz que, ela não tem que responder se quer aliança ou não com o PT para a disputa da eleição municipal, porque os cardeais petistas, já decidiram: sempre trabalharam para ela não disputar a reeleição, mas abrir para o PT indicar o candidato.

JV NO MATO SEM CACHORRO

Deu tudo errado no cenário de pré-campanha traçado pelo ex-senador Jorge Viana (PT), que era a Socorro Neri abdicar de buscar um novo mandato e ele vir com a candidatura do ex-prefeito Angelim à PMRB. Agora, ou o PT pedirá humilhado, pelo amor de Deus, para indicar o vice na chapa da prefeita, ou terá com todo o desgaste de bancar uma candidatura própria.

PACOTE DE GENERALIDADES

A “Carta de Intenções” apresentada pelo candidato do MDB, deputado Roberto Duarte, ontem na reunião do partido, é um pacote de generalidades, nada que defina um norte numa futura gestão. Mesmo se levando em conta ser a linha inicial do seu futuro Plano de Governo.

CONTA A DO PAPAGAIO

Na sua fala de ontem, o deputado Roberto Duarte (MDB) disse esperar que o governador acolha as suas propostas e venha lhe apoiar na eleição para a prefeitura da capital. Depois de tanta pancada que deu na cuca do governador? Agora, conta a piada do papagaio, Duarte!

GALERIA DOS “TRAÍRAS”

O prefeito de Manuel Urbano, Tanízio de Sá, tem uma maneira toda especial de protestar contra os deputados federais e senadores que não destinam emendas para aquela prefeitura: tem um banner no seu gabinete, com a foto de todos os políticos “traíras” com o município.

NÃO SE PODE CRITICAR

É açodamento se dizer que o novo plano de combate à violência lançado pelo governo Cameli não vai dar certo, não se pode criticar algo que acabou de ser anunciado. Há que se esperar pelo menos 60 dias para se saber se deu resultado, com a queda dos índices de violência.

NÃO É OMISSO

Os índices da criminalidade são muito altos, especialmente, na capital. Mas não se pode dizer que mesmo sem os resultados esperados pela população, o governador Gladson Cameli está sendo omisso. Pelo contrário, dotou a Segurança de todos os meios para o setor dar certo.

MDB, MEU AMOR!

Perguntado ontem se o PSD iria formar na coligação do MDB para disputar a prefeitura da capital, o senador Sérgio Petecão (PSD), abriu um sorriso e disparou: “o MDB é meu amor!”.

NÃO TEM OUTRO CAMINHO

Sem uma candidatura própria para a PMRB, restará ao PSD uma parceria com o MDB.

FATURA CERTA

Conversei ontem com uma das figuras mais importantes da coligação que apoiou o Gladson para o governo, e perguntei como via o quadro eleitoral de Xapuri. E foi pragmático: “Luis Carlos, se a oposição ao PT lançar mais de um candidato o prefeito Bira será reeleito”.

LEALDADE PARTIDÁRIA

Dos partidos que aderiram  ao governo estadual, nenhum é mais leal ás pautas governistas do que o PRB, com o deputado federal Manuel Marcos (PRB), em Brasília; e a deputada Juliana Rodrigues (PMRB), na ALEAC.  

COSTURANDO CALADOS

Os dirigentes do SD trabalham calados, nos bastidores, para montar alianças com pequenos partidos visando formar uma chapa forte para apoiar a candidatura da deputada federal Vanda Milani (SD) para a prefeitura de Rio Branco. A candidatura da Vanda é ponto decidido.

ACREDITA NA VIRADA

O candidato a prefeito de Tarauacá, Junior Feitosa (MDB), disse ontem ao BLOG que não se preocupa com o fato de não estar liderando as pesquisas iniciais para a prefeitura. Acha que, se deve ao fato de ser um nome novo.  Crê que, no auge da campanha vai polarizar a disputa.

GONZAGUINHA NA RECUCA

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB) era citado ontem numa roda política como um nome que poderia suceder o deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS), na liderança do governo, na ALEAC. Acho difícil aceitar, Gonzaguinha tem estado muito ausente aos debates na casa.

COMENTÁRIO PERTINENTE

Pinço um comentário num grupo das redes sociais, mas omito o nome do autor por não ter lhe pedido autorização para divulgar. Mas transcrevo o texto, interessante: “Sabe onde o crime cresce e se fortalece? Na ausência do Estado! Sabe o que tá acontecendo na periferia? As facções estão distribuindo sacolões, pagando conta de energia e dando dinheiro (literalmente) ás famílias para a compra de remédios”. Com a assistência social, o crime cativa os moradores.

DEPOIS NÃO RECLAMEM

Não existe uma Comissão de Licitação no Estado? E, por qual motivo os secretários insistem em não abrir um processo licitatório e aderir ás “caronas” em outras licitações, para fazer compras? Depois não reclamem quando tiverem o CPF carimbado pelo MP. Aguardem que esta farra tende a não acabar nada bem para alguns secretários estaduais.

EXATAMENTE POR ISSO

As chamadas “caronas” levaram o ano passado muitos prefeitos para a prisão.

NUCA AJUDOU

Pelo senador Márcio Bittar (MDB) todos os partidos estariam dizendo amém e sim senhor para o governador Gladson. Respeito sua opinião, mas não concordo: é na crítica e não no passar a mão na cabeça nos erros, que se pode ajudar a um mandatário a encontrar o rumo certo.

FRASE MARCANTE

“90% dos políticos dão aos 10% restante uma péssima reputação”. Henry Kissinger.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas