fbpx
Conecte-se agora

Homem sofre infarto e morre na hora de audiência no Juruá

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira, 11, em Cruzeiro do Sul, José Luís Aquino de Almeida, de 46 anos, morreu na Cidade da Justiça vitima de um infarto fulminante. Ele que segundo a irmã, é deficiente físico e mental, também estava com malária.

José Luís estava sendo ouvido pelo juiz da 2° Vara Civil, Hugo Torquato, em um processo que corre em segredo de justiça sobre a interdição dele quando o homem passou mal. A irmã o levou para fora da sala e José morreu nos braços dela.

A irmã de José Luís, Heloisa Aquino, conta que chegaram à Cidade da Justiça as 6.30 e a audiência começou por volta de 9 horas.

A mulher afirmou ao ac24horas que ontem, 10, foi à Cidade da Justiça informar que ele estava com malária e debilitado e que não poderia ir até lá. Solicitou que uma equipe fosse até a casa de José ou que fossem até o carro dentro da Cidade da Justiça, mas foi informada na Vara Civil que lá havia cadeira de rodas e que ele deveria ser levado para a sala do juiz.

Heloisa afirma que a equipe da Justiça já foi a casa deles duas vezes. Ressalta que hoje, o próprio juiz demonstrou preocupação com José Luís e afirmou que, se soubesse do real estado de saúde dele, teria ido até a residência onde vivem os irmãos. “Eu não sei o nome de quem me atendeu e disse que eu tinha que levar ele na cadeira de rodas mas o juiz disse que não sabia de nada”, relata a irmã de Luís.

A Assessoria de Comunicação do Tribunal de justiça de Acre não respondeu às mensagens enviadas pelo ac24horas sobre o caso.

 




Propaganda

Na rede

Chaguinha do Povo chora ao defender irmã de Ilderlei

Publicado

em

O vereador Chaguinha do Povo (PP) chorou na tribuna da Câmara de Cruzeiro do Sul nesta terça-feira, 18, ao defender a advogada Idelcleide Cordeiro, irmã do prefeito Ilderlei Cordeiro, presa pela Polícia Federal na última sexta-feira, 14, acusada de ser a operadora do suposto esquema de desvio de verbas federais por meio da CBCN e empresas sub contratadas.

Segundo o vereador, “ela não fez nada de errado e é a melhor pessoa que já conheci. É séria”, explanou.

João Keleo (PP) lembrou que muitas denúncias foram feitas contra a CBCN, mas alertou que pessoas inocentes já foram presas em Cruzeiro do Sul, acusadas injustamente. “Aqui mesmo já tivemos casos de vereadores acusados de estupro e outros crimes que não se provou a culpa”, disse.

Hoje, o vereador Antônio Cosmo apresentou requerimento de Instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o possível desvio de dinheiro público na cidade.




Continuar lendo

Na rede

Vereador quer instalar CPI na Câmara de Cruzeiro do Sul para apurar desvio de recursos

Publicado

em

Na primeira sessão da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul depois da Operação Presságio, que prendeu seis acusados de desvio de dinheiro, o assunto não foi o mais comentado do dia na casa. Apenas três vereadores se manifestaram sobre o tema. O emedebista Antônio Cosmo apresentou requerimento de Instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o possível desvio de dinheiro público.

De acordo com o vereador, uma das empresas que era subcontratada da CBCN recebeu mais de R$ 5 milhões de agosto até este ano. “Não há comprovação do uso desse dinheiro e nós não podemos ser os patetas e sim fiscalizadores ” citou.

Para aprovar a CPI, são necessárias oito assinaturas. Cosmo conta com os cinco do MDB e mais o do vereador Onofre, do PDT. “Acredito que podemos conseguir mais duas assinaturas”, ponderou.

Ontem na reunião do prefeito Ilderlei Cordeiro com os servidores públicos municipais em praça publica, dos 14 vereadores de Cruzeiro do Sul, acompanharam o prefeito o presidente da Câmara, Clodoaldo Rodrigues ( PSDB), João Keleo e Leandro ( PP).




Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas