fbpx
Conecte-se agora

Comandante chama declaração de coronel de absurda e equivocada

Publicado

em

O comando da Policia Militar do Acre divulgou uma nota oficial sobre a reportagem do ac24horas em relação a discussão ocorrida entre o comandante da Polícia Militar, Coronel Ulysses Araújo, e o também Coronel PM Glayson Dantas.

O comandante da PM acreana nega que tenha havido discussão acalorada ou bate-boca, mas confirmou que o motivo da discórdia é a lei que vai ser enviada para aprovação dos deputados estaduais que traz de volta todos policiais militares da ativa que estão à disposição de diversos órgãos e que comprometem o serviço de segurança da sociedade, já que a própria corporação deixa de ter um policial na atividade fim de combate à criminalidade.

Leia mais: Reunião é marcada por tensão e bate-boca entre coronéis

Ulysses Araújo diz na nota que foi interrompido de foram estranha pelo Coronel Dantas. “Diante dessa minha fala em defesa da aprovação dessas duas leis, estranhamente houve uma interrupção por parte do Coronel da Reserva Dantas, no sentido de dizer que a Polícia Militar do Acre não precisa de efetivo, pois tem um dos maiores efetivos do mundo em termos proporcionais e ainda afirmou também que o efetivo da Polícia Militar do Acre é o maior efetivo de todas as Polícias Militares do Brasil”.

O comandante da PM diz na nota que respondeu a declaração de Dantas. “Essa informação foi veemente rechaçada por mim, todavia sem acirramento ou exaltação de ânimo de qualquer parte, sendo dito apenas por mim que sua informação estava totalmente equivocada e que não condizia com a realidade que vivemos no âmbito da Polícia Militar do Acre”.

Ulysses chama ainda a afirmação de Dantas de absurda e equivocada. “Após minha intervenção diante dessa afirmação tão absurda e equivocada, o Secretário de Justiça e Segurança Pública, Coronel Paulo Cézar esclareceu ao Coronel da Reserva Dantas que nos últimos 8 anos, a Polícia Militar teve a perda de mais de 800 Policiais Militares por motivos diversos, além de ter mais de 240 PMs que estão à disposição”.

Leia nota da PM na íntegra.

Nota oficial do Comando-geral da PMAC

Em relação à reportagem do jornal Ac24horas que relata Bate-Boca entre Coronéis em reunião sigilosa da Segurança, venho por meio da informação abaixo negar veemente que tenha havido discussão acalorada, e ao mesmo tempo relatar a bem da verdade, o que de fato ocorreu:

Minha fala durante a reunião foi dirigida aos Deputados Estaduais que estavam presentes e se resumiu a solicitar que os parlamentares estaduais aprovassem duas leis de primordial importância para a Sociedade, para a Segurança Pública e para a Polícia Militar.

A primeira se refere a Lei da Disposição dos PMs. A aprovação dessa lei traz de volta todos policiais militares da ativa que estão à disposição de diversos órgãos e que comprometem o serviço de segurança da sociedade, pois a nossa corporação deixa de ter um policial na atividade fim de combate à criminalidade.

A segunda Lei, trata da pecúnia que já foi aprovado em 19 Estados da Federação e que gratifica a produtividade dos policiais militares a cada arma de fogo apreendida e retira das mãos dos criminosos o principal instrumento de violência usado para ameaçar e tirar a vida de pessoas.

Diante dessa minha fala em defesa da aprovação dessas duas leis, estranhamente houve uma interrupção por parte do Coronel da Reserva Dantas, no sentido de dizer que a Polícia Militar do Acre não precisa de efetivo, pois tem um dos maiores efetivos do mundo em termos proporcionais e ainda afirmou também que o efetivo da Polícia Militar do Acre é o maior efetivo de todas as Polícias Militares do Brasil, o que foi veemente rechaçado por mim, todavia sem acirramento ou exaltação de ânimo de qualquer parte, sendo dito apenas por mim que sua informação estava totalmente equivocada e que não condizia com a realidade que vivemos no âmbito da Polícia Militar do Acre.

Após minha intervenção diante dessa afirmação tão absurda e equivocada, o Secretário de Justiça e Segurança Pública, Coronel Paulo Cézar esclareceu ao Coronel da Reserva Dantas que nos últimos 8 anos, a Polícia Militar teve a perda de mais de 800 Policiais Militares por motivos diversos, além de ter mais de 240 PMs que estão à disposição. Importante frisar que em nenhum momento houve discussão ou “briga”, fato que pode ser comprovado por todos os presentes, além de vários Coronéis que também se faziam presente (Cel Paulo Cézar, Cel Cleudo, Cel Ricardo, Cel Negreiros, Cel Messias).

Quero deixar claro que sou a favor de que os demais poderes e órgãos tenham policiais militares ajudando na segurança, todavia que sejam utilizados na condição de reconvocados da Reserva, à semelhança do serviço prestado pelo próprio Coronel Dantas que é oficial da Reserva e atende a contento a demanda do local onde está lotado atualmente.

Outrossim, quero dizer que minha defesa sempre será em favor da Instituição Polícia Militar; em defesa da tropa que está 100% envolvida no combate à criminalidade e precisa de apoio do maior número possível de companheiros que também venham a somar na atividade fim; e principalmente priorizando a segurança da sociedade acreana que anseia por paz e que apoia incondicionalmente a aprovação da lei de retorno dos PMs à disposição.

Coronel Ulysses Araújo – CMT Geral da PMAC




Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas