Conecte-se agora

Petecão vai lançar candidatura do PSD à prefeitura de Xapuri

Publicado

em

Enquanto a cúpula do MDB referendava o nome do advogado Carlos Venícius como pré-candidato do partido à prefeitura de Xapuri, na manhã desse sábado, 8, na câmara de vereadores da cidade, o senador Sérgio Petecão coordenava um encontro com apoiadores do vereador Gessi Capelão, para tratar da transferência do parlamentar-mirim para o PSD.

Capelão, que havia sido o primeiro pré-candidato anunciado pelo MDB, viu suas pretensões irem por águas abaixo depois que Carlos Venícius colocou seu nome à disposição do partido com o apoio aberto do deputado estadual Roberto Duarte. Mesmo aparecendo à frente do advogado nos levantamentos internos, o vereador começou figurar como segunda opção para a executiva municipal.

Disposto a não abrir mão de sua pré-candidatura, o vereador de três mandatos como presidente da câmara de Xapuri abriu diálogo com o partido do senador Sérgio Petecão ainda antes da realização da pré-convenção convocada pelo MDB para decidir entre os dois pré-candidatos. Na semana passada, Capelão afirmou ao ac24horas que não participaria da prévia realizada neste sábado.

No encontro com Petecão ficou decidido que no próximo dia 7 de março o PSD realizará um grande ato de filiação na cidade, ocasião em que a ala do MDB que apoia Gessi Capelão se transferirá para o partido do senador. No mesmo dia, será anunciada a nova pré-candidatura do vereador à prefeitura.

Perguntado sobre a definição do MDB por Carlos Venícius e sobre a sua própria decisão de não seguir o partido, Capelão não polemizou e ainda considerou a possibilidade de a oposição em Xapuri se unir para a disputa da eleição contra o PT do prefeito Ubiracy Vasconcelos. Ele disse que não abriu mão de ser pré-candidato por considerar que é o único que conhece os problemas do município.

“A decisão do MDB é uma decisão que pode reunir toda oposição lá na frente, pois todos sabemos que sem união o PT pode levar novamente a vitória. Eu tenho que continuar com o meu nome na disputa porque eu sou o único que realmente conhece as necessidades de toda população xapuriense, sem desmerecer os outros pré-candidatos, mas pela minha história política”, afirmou.

Sérgio Petecão afirmou à reportagem que tem interesse na eleição de Xapuri, município onde ele sempre teve dificuldade de penetração. Segundo ele, a recepção do PSD ao vereador Capelão não representa o fim da aliança do seu partido com o MDB. Afirmou também que está muito feliz com o momento e que vai se empenhar na campanha eleitoral.

“Conversei com o Flaviano, com o Chagas Romão e disse a eles que nós iríamos abraçar o Capelão, sem que paire nenhuma dúvida de que o MDB é nosso aliado, mas ele veio com um grupo muito forte e nós vamos agora cair em campo, eu tenho interesse nessa eleição, pois sempre foi muito difícil para eu entrar em Xapuri. Vamos rever o diretório municipal e vou empenhar como eu puder para estar ajudando”, disse.

Confirmando-se o casamento entre o PSD e os dissidentes do MDB, o cenário eleitoral deste ano terá quatro candidaturas à prefeitura de Xapuri, sendo três de partidos que estiveram juntos contra o PT nas últimas eleições estaduais.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas