Conecte-se agora

Governo convoca todos os policiais para enfrentar a violência

Publicado

em

O governador Gladson Cameli afirmou neste domingo, 9, que convocará cerca de 260 policiais militares que estão à disposição de autoridades e órgãos públicos para reforçar o combate à criminalidade em todo o estado. O gestor disse que a medida se faz necessária para o restabelecimento da ordem e da paz social e explicou ainda que o chamamento se dará por força de lei que será enviada para aprovação da Assembleia Legislativa.

“Estamos mandando convocar todos os policiais que se encontram à disposição por meio de um decreto de lei que vamos enviar para a Assembleia Legislativa. Já homologamos o concurso da Polícia Civil, já chamei os mais de 200 novos policiais militares e vou convocar imediatamente os policiais que estão à disposição para irem para as ruas. Os poderes podem me ajudar devolvendo quem pode ser devolvido, assim como garantir a segurança jurídica necessária para os nossos policiais”, confirmou Gladson.

O governador Gladson Cameli afirmou neste domingo, 9, que convocará cerca de 260 policiais militares que estão à disposição de autoridades e órgãos públicos para reforçar o combate à criminalidade em todo o estado. O gestor disse que a medida se faz necessária para o restabelecimento da ordem e da paz social e explicou ainda que o chamamento se dará por força de lei que será enviada para aprovação da Assembleia Legislativa.

“Estamos mandando convocar todos os policiais que se encontram à disposição por meio de um decreto de lei que vamos enviar para a Assembleia Legislativa. Já homologamos o concurso da Polícia Civil, já chamei os mais de 200 novos policiais militares e vou convocar imediatamente os policiais que estão à disposição para irem para as ruas. Os poderes podem me ajudar devolvendo quem pode ser devolvido, assim como garantir a segurança jurídica necessária para os nossos policiais”, confirmou Gladson.

“Não podemos permitir o que está acontecendo e eu não vou me curvar para essa situação. Não quero mais ver famílias apavoradas e esta campanha “Acre pela Vida” não será apenas para tirarmos fotos. Essa campanha tem que ir no coração de cada um de nós e peço a todos que abracem esta causa. Não estou jogando a responsabilidade em ninguém e tenho assumido esse desafio como chefe de Estado, mas não dá para aceitar que politizem este assunto”, completou.

O governador explicou que o governo federal está ciente da situação e já sinalizou que vai ajudar o Estado. Nesta segunda-feira, 10, Cameli levará as principais demandas debatidas na reunião com membros das instituições envolvidas na campanha “Acre pela Vida”.

“Na próxima terça-feira, será montado o gabinete de situação exclusivamente para o Acre e nos garantiram todo o apoio e já estou indo para Brasília novamente para que após o término dessa reunião, que eles estão sabendo que está acontecendo agora, vamos levar as principais prioridades para que o governo federal comece a agir imediatamente. É uma situação que não podemos esperar mais”, declarou.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas