fbpx
Conecte-se agora

Conta de luz reduz e faz inflação de Rio Branco ser a menor do país

Publicado

em

O IBGE divulgou nesta sexta-feira (7) o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de janeiro. O menor resultado regional do Indíce de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi no município de Rio Branco em janeiro.

A capital do Acre registrou deflação de -0,21%, devido à queda na tarifa da energia elétrica (-4,67%).

Após a queda de 0,82% no mês de dezembro, o grupo habitação subiu 0,55%, puxado pelos preços de condomínio (1,39%) e aluguel residencial (0,61%).

A energia elétrica, por sua vez, registrou leve alta (0,16%), com as áreas variando entre a queda de 4,77% em Rio Branco – onde houve redução de 4,67% nas tarifas, a partir do dia 13 de dezembro – até a alta de 3,41% em Goiânia.

Na soma de doze meses, Rio Branco apresenta inflação de 3,70%.

Em janeiro, foi mantida a bandeira tarifária amarela, que acrescenta na conta de luz R$ 1,343 a cada 100 quilowatts-hora consumidos.

A região metropolitana de Belém e o município de Aracaju apresentaram a maior variação (0,39%). No primeiro caso, devido às altas do açaí (13,44%) e da refeição (3,24%). No segundo, os maiores impactos (0,08 pontos percentual e 0,07 p.p., respectivamente) vieram da gasolina (1,55%) e do tomate (20,16%).

 

Propaganda

Destaque 7

Mara Rocha anuncia volta de escritório da Sepa na Transacreana

Publicado

em

A deputada Mara Rocha esteve neste fim de semana conversando com agricultores da Vila Verde, na Estrada Transacreana, em Rio Branco. A ela os produtores rurais reivindicaram melhorias na estrada e nos ramais.

“Na ocasião falamos das nossas ações para ajudar os produtores e reafirmamos o nosso compromisso com os produtores destinando R$ 21,5 milhões para compra de máquinas para o Deracre que trabalharão na melhoria dos ramais”, disse ela, elencando vários benefícios que devem ser realizados na região.

Ela disse que o Governo do Estado atendeu um pedido seu e irá reabrir o escritório da Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa) na Vila Verde.

Continuar lendo

Destaque 7

Acre perdeu 4 km² de floresta em janeiro, mostra boletim do Imazon

Publicado

em

O Imazon divulgou nesta sexta-feira (14) novo boletim sobre o desmatamento na Amazônia com dados de janeiro de 2020, mês em que o Acre perdeu 4 km² de mata nativa. Na comparação entre agosto de 2018 e janeiro de 2019 com agosto de 2019 e janeiro deste ano, o desmatamento no Acre cresceu 104%.

De acordo com o sistema de monitoramento do instituto, a Floresta Amazônica perdeu uma área de 188 km² de mata em janeiro deste ano. No ano passado, janeiro registrou 108 km² de área desmatada na floresta.

Mesmo em janeiro, pico do inverno amazônico, a floresta foi destruída no Acre e a Reserva Extrativista Chico Mendes voltou a figurar entre as unidades de conservação mais atacadas pelo desmate.

No contexto da degradação, neste começo de 2020, segundo o Imazon, a área total de floresta degradada saltou de 11 km², em janeiro do ano passado, para 163 km², em janeiro deste ano. O Mato Grosso liderou o ranking com 78% da degradação na região, seguido de Pará (15%), Rondônia (2%), Roraima (2%), Acre (1%), Amazonas (1%) e Tocantins (1%).

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas