fbpx
Conecte-se agora

Operação da Polícia Federal desarticula ala feminina de facção

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, 7, a Operação Lâmpades, que tem o objetivo de desarticular braço feminino de facção criminosa que coordenaria a atividade criminosa de mulheres na Região Norte. Mais de 80 policiais federais cumprem 14 mandados de prisão preventiva e 13 mandados de busca e apreensão nos municípios de Boa Vista/RR, Guarulhos/SP, São Paulo/SP e Tauaracá/AC. Os mandados foram expedidos pela Vara de Entorpecentes e Organizações Criminosas da Justiça Estadual, em Roraima.

Conforme indícios angariados em inquérito policial, as mulheres da facção, que comporiam uma ala feminina específica dentro do grupo, estariam atuando com mais volume e intensidade para a organização criminosa na prática de diversos crimes.

Elas estariam atuando em áreas tidas como estratégicas do grupo, tais como o controle e guarda de drogas e armas de fogo, o estabelecimento de relacionamento entre criminosos de dentro do sistema prisional com os de fora e, inclusive, a indicação de membros para outros setores específicos. Também teria sido observado o possível envolvimento de suspeitas com “tribunais do crime”.

Diligências policiais apuraram que as mulheres seriam vistas pelo grupo como sendo menos expostas aos riscos da prática de crimes, como a prisão, pelo qual passariam a receber tais papéis de maior relevância para o grupo.

Uma das suspeitas, que está se graduando em direito e teria como função a de estabelecer o relacionamento entre criminosos de dentro e fora dos presídios, buscaria defender interesses de membros da facção junto a entes públicos relacionados à execução de sentenças e ao dia-a-dia prisional, como a busca pelo cumprimento de supostas garantias a direitos humanos. Pelos serviços, a suspeita receberia uma remuneração da facção, bem como o pagamento de sua faculdade.

Toda a ala feminina da Região Norte seria coordenada por duas foragidas a partir do estado de São Paulo, com mandados de prisão expedidos relacionados a crimes como roubo e tráfico de drogas.

As investigadas poderão responder, dentre outros, pelos crimes de participação em organização criminosa, com penas aumentadas até metade pelo uso de armas de fogo pela organização e agravadas pelo exercício do comando desta, pelo tráfico de drogas e pela associação para o tráfico. Se condenadas, as penas podem ultrapassar os 25 anos de prisão.

*Segundo a mitologia grega, Lâmpades seriam ninfas (espíritos femininos) que habitariam o reino dos mortos, vagando pelo submundo.

Ascom/PF

Propaganda

Acre

Banco da Amazônia empossa novo superintendente no Acre

Publicado

em

O novo Superintendente do Banco da Amazônia no Acre (Basa), José Luiz Cordeiro Cruz, foi empossado na manhã desta quarta-feira, 19, na sede da instituição, em Rio Branco. Ele assume o lugar de Diego Santos Lima, que foi designado para responder pela Superintendência do Maranhão.

Cruz é funcionário de carreira do banco há oito anos e meio. Desde 2011, ocupava o cargo de gestão na instituição. Iniciou sua carreira bancária em Jacundá (PA), depois em Araguaçu, no Tocantins, e em Manaus, no Amazonas.

Em seu discurso, Cruz relatou que o Basa terá um orçamento de aproximadamente R$ 400 milhões para aplicação em negócios produtivos apoiados pelo Banco da Amazônia para 2020. O projeto terá um princípio de tripé de resultados sustentáveis.

“O primeiro será maximização de resultados, gestão colaborativa, e principalmente um trabalho com muita ética e transparência. Essas serão as premissas principais do nosso banco. O papel importante e quero deixar bem claro, a cadeia produtiva do estado, comércio, indústrias, serviços e o agronegócio será um diferencial do nosso papel aqui no estado. A potencialidade do agronegócio, nesse segmento da economia, será pauta diária do nosso banco e também como o setor de serviço, comércio e indústria”, destacou.

A cerimônia de posse contou com a presença de autoridades locais, e do diretor Comercial e de Distribuição do Basa nacional, Francimar Rodrigues Maciel.

Continuar lendo

Acre

Governo quer antecipar salários de servidores para sexta-feira (21)

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) usou as redes sociais na manhã desta quarta-feira, 19, para comunicar que determinou a que a Secretaria de Gestão e Planejamento que antecipe o pagamento dos servidores públicos para esta sexta-feira (21). Com a medida, o governo deve injetar mais de 250 milhões de reais na economia local.

Cameli relatou que decidiu pela antecipação do pagamento em função do carnaval e o feriado prolongado.

“Determinei que antecipem a folha de pagamento para esta sexta-feira para que as pessoas tenham um bom feriado prolongado”, afirmou.

Por fim, Cameli relatou que irá embarcar na manhã desta quinta-feira (19) rumo à Manaus (AM) para participar de uma reunião com os governadores da Amazônia e com o presidente Jair Bolsonaro para tratar assuntos do estado e da Amazônia.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas