fbpx
Conecte-se agora

Acre encerrou o ano de 2019 com 42,6 mil planos de saúde

Publicado

em

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) disponibilizou nesta quarta-feira (5) os dados do setor de planos de saúde com os números referentes ao mês de dezembro de 2019. O Acre terminou o ano de 2019 com 42.467 segurados em planos de saúde, sendo 16.189 exclusivamente odontológicos.

No período, o setor totalizou 47.039.728 beneficiários em planos de assistência médica em todo o Brasil, mantendo estabilidade em relação ao mesmo período de 2018.

O segmento exclusivamente odontológico manteve trajetória de crescimento, contabilizando 26.024.494 usuários – expansão de 1.739.649 em relação a dezembro de 2018.

Os dados de dezembro detalhados por Unidade Federativa (UF) mostram que houve aumento na quantidade de beneficiários em planos de assistência médica em 11 estados, sendo Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro os líderes em números absolutos (comparativo com dezembro de 2018). Na segmentação odontológica, 24 estados e o Distrito Federal registraram aumento no número de beneficiários. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais foram os estados que registraram os maiores aumentos em relação ao mesmo período do ano anterior.

 

Propaganda

Destaque 6

Em pleno período de chuvas, Acre registra 16 focos de queimadas

Publicado

em

Além do crescimento do desmate em janeiro, o Acre vive uma situação de degradação ambiental com o aumento no número de focos de queimadas –isso em pleno inverno amazônico.

Segundo o relatório diário do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) entre 1º de janeiro e 15 de fevereiro deste ano o Acre acumula 16 focos de calor, número que não vê há muitos. Para se ter exemplo, o maior quantitativo de pontos de queimadas detectado pelos satélites do Inpe nos últimos cinco anos (1º jan-15 fev) foi em 2016 quando o Estado apresentou 14 focos.

Para se ter uma ideia, a diferença em relação ao mesmo período do ano passado é de 700%, já que entre 1º de janeiro e 15 de fevereiro de 2019 ocorreram apenas 2 focos de queimadas no Estado do Acre. Os focos de 2020 só perdem para igual período de 2005 (20).

Veja o quadro do Inpe:

Continuar lendo

Destaque 6

Desemprego cresceu 0,8% no Acre

Publicado

em

Além da explosão na informalidade no último ano, a taxa de desocupação do Acre no 4º trimestre de 2019 foi de 13,6% a quinta maior do Brasil), aumentando 0,8% em relação ao trimestre de julho-setembro, quando o desemprego estava em 12,8% da população em condições de trabalhar.

Na comparação com o mesmo trimestre de 2018 (13,1%), houve aumento de 0,5%. Os dados foram trabalhados pela equipe técnica do Observatório do Fórum Permanente de Desenvolvimento do Acre.

A taxa média de informalidade em 2019 para o Acre foi de 50,2% da população ocupada, a décima primeira maior em relação aos demais estados da federação. Esta mesma taxa para o Brasil ficou em 41,1% (38,4 milhões de pessoas).

Entre as unidades da federação, as maiores taxas médias anuais foram registradas no Pará (62,4%) e Maranhão (60,5%) e as menores em Santa Catarina (27,3%) e Distrito Federal (29,6%). Os dados foram publicados hoje, pelo IBGE, através da PNAD Contínua Trimestral.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas