fbpx
Conecte-se agora

Primeiros casos de dengue são confirmados em Porto Walter

Publicado

em

A cidade de Porto Walter, com cerca de 12 mil habitantes, no Alto Juruá, tem os primeiros casos autóctones de dengue (contraídos na cidade onde a pessoa vive), o que indica a presença no município do Aedes aegypti adulto contaminado.

Quatro pessoas que tiveram a doença confirmada, estão em tratamento.

Segundo o secretário de Saúde de Porto Walter, Cézar Andrade, o caso inspira cuidados. “Do tamanho que é nossa cidade, se a doença se espalhar vai atingir todos os moradores mas estamos tomando proveniências para evitar uma epidemia”.

Cezar cita que um grande mutirão de limpeza foi realizado na cidade e são feitas visitas nos domicílios pelos Agentes de Endemias e Agentes Comunitários de Saúde, com orientação de prevenção aos moradores.

De acordo com Cezar não há indício de dengue grave na cidade, que conta apenas com uma Unidade Mista de Saúde para o caso de necessidade de internação.

Em Porto Walter só é possível chegar de avião ou barco. A preocupação é grande por que há um grande fluxo de pessoas que transita entre a cidade no Alto Juruá e Cruzeiro do Sul, onde já estão confirmados 800 casos de dengue em janeiro com 3 mortes por dengue grave.

Propaganda

Na rede

Ilderlei Cordeiro convoca servidores para reunião geral

Publicado

em

Dois dias depois da prisão de sua irmã e ex-chefe de gabinete da prefeitura de Cruzeiro do Sul, Idelcleide Cordeiro, o prefeito Ilderlei Cordeiro emitiu um documento neste domingo, 16, convocando uma reunião ampliada na praça central da cidade para esta segunda-feira, 17, às 7 horas da manhã. O encontro deve abranger todos os funcionários do município: efetivos, nomeados e provisórios.

A convocatória assinada pelo secretário de Planejamento, Manoel Orleilson Ferreira da Silva, determina a suspensão de todos os serviços municipais das 7 às 9 horas da manhã, período de duração da reunião ampliada. Ao ac24horas, a prefeitura afirmou que também irá lançar a programação do Carnaval Cultural 2020 nesta segunda.

O secretário afirma que o prefeito Ilderlei Cordeiro vai conversar pessoalmente com os funcionários para “explicar a situação e dizer que a gestão não para e o procedimento que foi feito faz parte de uma investigação. Dizer “vida que segue” de forma normal e tranquila”, afirma Orleilson.

Desembargadora nega liberdade à irmã do prefeito

A irmã do prefeito e outras 5 pessoas da atual gestão municipal e da ONG CBCN foram presos durante a Operação Presságio, da Polícia Federal, desencadeada na última sexta-feira. As prisões deram cumprimento à decisão da 1° Vara Criminal de Cruzeiro do Sul, que tem como titular a juíza Adamarcia Machado. Nas férias dela, os mandados de prisão e apreensão foram expedidos pelo juiz Flávio Mariano Mundi.

Nesse sábado, 15, a desembargadora Denise Bonfim negou um pedido de Habeas Corpus impetrado pelo advogado Jairo Castro, da irmã do prefeito de Cruzeiro do Sul. A acusação é de irregularidades na aplicação de recursos federais das áreas de educação e saúde. O desvio seria feito por meio da ONG CBCN e outras empresas subcontratadas.

Idelcleide Cordeiro foi exonerada do cargo pelo irmão no mesmo dia da prisão, como uma estratégia da defesa. O advogado Jairo Castro argumentou ainda que o mandado de busca e apreensão foi cumprido e ela foi interrogada, portanto os fundamentos para a prisão não mais existiriam, o que não foi aceito por Denise Bonfim.

Desde junho do ano passado a Polícia Federal, por meio de escutas telefônicas e quebra de sigilo fiscal e bancário, investiga Idelcleide e o grupo. As investigações indicam que ela comandaria os pagamentos e as contratações irregulares dos termos de colaboração firmados entre a prefeitura, a CBCN e empresas subcontratadas. Além de Idelcleide, que está na sede do COE, há pessoas presas no Complexo Penitenciário Manoel Neri em Cruzeiro do Sul e também em Rio Branco.

Continuar lendo

Na rede

Irmã de Ilderlei tem pedido de liberdade negado pela Justiça

Publicado

em

O Tribunal de Justiça do Acre negou o pedido liminar de habeas corpus protocolado pela defesa da irmã do prefeito de Cruzeiro do Sul, a advogada Idelcleide Cordeiro. Ela foi presa na tarde dessa sexta-feira, 14, durante a Operação Presságio, da Polícia Federal, que cumpriu mandados de busca, apreensão e prisão no Acre e em mais cinco estados brasileiros.

Um secretário e outros funcionários do município e da ONG CBCN também foram presos. O advogado da irmã do prefeito, Jairo Castro, declarou que um novo pedido será protocolado junto ao Superior Tribunal de Justiça. A PF pediu a prisão temporária de Ildecleide e outras quatro pessoas do município.

Para o advogado de Ildelcleide, não há mais motivos para a prisão, uma vez que sua cliente “não tem nenhum tipo de envolvimento com as acusações, que são completamente infundadas”. Os mandados também foram cumpridos no Amazonas, Rondônia, Minas Gerais, Sergipe e no Distrito Federal.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas