fbpx
Conecte-se agora

Caetano aguarda “unção” de Cameli para se tornar pré-candidato

Publicado

em

Quem estaria só aguardando o aval do governador Gladson Cameli para poder se pronunciar pré-candidato a prefeito de Rio Branco é o engenheiro civil Thiago Caetano. No primeiro mandato do governo Gladson, ele se tornou braço direito da gestão à frente da Secretaria de Obras e Infraestrutura (Seinfra) e “escudo” direto das críticas ao governo.

Informações de uma fonte de confiança de Caetano dadas ao ac24horas asseguram que o ex-titular da Seinfra deve se pronunciar publicamente após o resultado das pesquisas internas de rejeição. “Depois disso, ele vai se manifestar”, informou. Thiago Caetano é filiado ao mesmo grupo político de Gladson, o Partido Progressista (PP).

Conforme aliados de Caetano, só é pré-candidato “se for ungido do governador e dentro da aliança que apoia o governo”. Por enquanto, os mais próximos ao Palácio já o tem como pré-candidato.

“A rejeição dele é a menor entre todos, segundo pesquisas de consumo interno”, garante a fonte. Caetano se diz de confiança do governador e do partido. O PP já afirmou que não quer ser coadjuvante nestas eleições municipais.

Thiago Caetano deixou o cargo de secretário da Seinfra em dezembro do ano passado e foi para a recém-criada Secretária de Desenvolvimento Urbano e Rural. À época, houve rumores de desgaste entre ele e o governador Gladson.

Propaganda

Acre

Gladson convoca reunião com a base aliada do governo na Aleac

Publicado

em

Está marcada para a manhã desta quarta-feira, 19, uma reunião extraordinária durante café da manhã entre o governador Gladson Cameli e os deputados estaduais que fazem parte da base aliada do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). O assunto a ser tratado na reunião ainda não foi revelado, mas o “borburinho” aponta que a intenção de Cameli é alinhar com parlamentares o andamento dos projetos e possíveis discursos proferidos na tribuna.

Informações extraoficiais apontam que a ideia é também informar sobre uma possível divisão na Secretaria de Gestão e Planejamento (Seplag). Gladson não confirmou se a proposta realmente existe. Ocorre que, um possível desmembramento da secretaria poderia afetar diretamente alguns deputados da base. A expectativa é de que esse, então, seria o tom da conversa, que ainda será confirmado nas próximas horas.

Continuar lendo

Acre

Justiça prorroga prisão temporária de Idelcleide Cordeiro

Publicado

em

A pedido da Polícia Federal, a justiça do Acre prorrogou por mais cinco dias a prisão temporária das seis pessoas presas durante a Operação Presságio, desencadeada na última sexta-feira, 14, em Cruzeiro do Sul. A decisão foi confirmada na tarde desta terça-feira (18). Entre os detidos que tiveram a prisão prorrogada está Idelcleide Cordeiro, irmã do prefeito Ilderlei Cordeiro e ex-chefe de gabinete da prefeitura do município.

A juíza Adamarcia Machado, titular da 1°Vara Criminal de Cruzeiro do Sul, deferiu o pedido da PF e Idelcleide Cordeiro e os outros cinco presos na Operação Presságio ficarão detidos por mais cinco dias.

Idelcleide seguirá presa na sede do COE da Polícia Militar e os demais no Presídio de Cruzeiro do Sul e Rio Branco. Até ontem, a expectativa era de que os presos fossem liberados nesta terça, uma vez que ainda não havia sido feito o pedido de prorrogação da prisão.

As seis pessoas detidas são acusadas de desvios de verbas em Cruzeiro do Sul. A audiência de custódia ocorreu ontem, regida pelo juiz Flávio Mariano Mundi, que não liberou nenhum dos acusados de desvio de dinheiro em Cruzeiro do Sul. Os envolvidos são suspeitos, conforme a PF, de fazer parte de esquema que envolveria o desvio de verbas federais da saúde e educação por meio da CBCN e outras empresas.

As prisões deram cumprimento à decisão da 1° Vara Criminal de Cruzeiro do Sul, que tem como titular a juíza Adamarcia Machado. Nas férias dela, os mandados de prisão e apreensão foram expedidos pelo juiz Flávio Mariano Mundi, bem como a Audiência de Custódia.

No sábado, 15, a desembargadora Denise Bonfim já havia negado um pedido de Habeas Corpus impetrado pela defesa de Idelcleide, que tinha como titular o advogado Jairo Teles de Castro.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas