fbpx
Conecte-se agora

Rio Branco com 400 mil habitantes registra proporcionalmente mais mortes que Manaus

Publicado

em

No mês de Janeiro de 2020, as capitais dos estados do Acre (Rio Branco) e Amazonas (Manaus) totalizaram 156 mortes. Manaus registrou 117 e Rio Branco com 39 mortes. A guerra entre as facções é apontada como principal causa dos homicídios em Rio Branco e Manaus.

O ac24horas realizou um levantamento neste final de semamana comparando o índice de assassinatos entre as duas capitais dos estados do Amazonas e Acre. Com uma população estimada em 2,5 milhões, Manaus registra 5,45 mortes a cada 100 mil habitantes. Janeiro de 2020 foi o mês mais violento dos últimos cinco anos na capital manauara. Em comparação ao mesmo período do ano passado (janeiro) foram contabilizados 44 mortes a mais: 73 mortes em janeiro de 2019, enquanto que em 2020 fechou com 117.

Já Rio Branco com a população estimada em 400 mil habitantes (Dados do IBGE) tem a taxa de 9,57 mortes a cada 100 mil habitantes. É quase o dobro de Manaus ao analisarmos em termos percentuais.

O índice de mortes violência aponta que janeiro foi o mês que mais registrou homicídios, desde 2016, ou seja, quatro anos. O número superou até mesmo janeiro de 2017, um dos anos mais violentos. Das 47 mortes ocorridas no mês de janeiro deste ano, 39 foram na capital acreana (Rio Branco) e 8 distribuídas pelo interior.

O que diz a Segurança Pública de ambos os Estados?

As autoridades de ambos os Estados, afirmam que a maioria das mortes é oriunda da guerra travada entre as facções criminosas que imperam nos respectivos estados, pela disputa, domínio e controle do tráfico de drogas e armas.

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas