Conecte-se agora

A bola do PT está com a prefeita 

Publicado

em

O PT caiu na real que não é mais o dono da bola na eleição para a prefeitura da capital este ano, embora continue sendo o maior partido da oposição; perdeu a representatividade na Câmara Federal, Senado, e ficou reduzido a uma bancada de apenas dois deputados estaduais. E com os seus nomes de maior densidade eleitoral na capital fugindo de uma candidatura a prefeito como o diabo foge da cruz. Por isso, a humildade de quase que implorar ao PSB para que aceite fazer uma aliança para a disputa da PMRB, não entrando como protagonista. A bola agora está com a prefeita Socorro Neri. E tem dois caminhos únicos: aceitar o PT indicar o seu vice, trazendo na bagagem o desgaste do partido, ou não formar a coligação e sair em carreira solo. É um tipo de resposta que não pode ir muito longe, até porque o PT precisa saber para se preparar para uma eventual candidatura própria a prefeito, ante a uma eventual negativa.

PACTO DE UNIDADE

Em caso do PT e PSB terem cada um a sua candidatura a prefeito de Rio Branco, o mais provável, num eventual segundo turno estarão juntos no mesmo palanque. Podem apostar.

FINAL NADA FELIZ

O PSB está lotando a sua chapa para a Câmara Municipal de vereadores com mandatos. Isso dificulta completar a chapa com nomes novos e pode repetir o fiasco do antigo PEN, que tinha cinco candidatos a deputado estadual e todos morreram abraçados.

MANCHETE NACIONAL

O vídeo que mostra os presos escapando tranquilamente pela muralha do FOC virou manchete nacional. Uma dedução ficou clara: no mínimo houve omissão de quem controlava as câmeras.

NINGUÉM BRIGA COM A NOTÍCIA

Até ontem (número pode subir) tinham sido registradas 41 execuções neste início de ano no Estado, a maioria esmagadora na capital. Ontem teve registro de arrastão em ônibus, roubo de moto, são fatos que não podem ser dourados para agradar o poder. Não se briga com a notícia.

FATOS A SE SEPARAR

Temos uma PM dedicada, o mesmo ocorre com a polícia civil, estão nas ruas, prendendo bandidos, drogas, mas a imprensa não pode escamotear os números da violência para acariciar egos. Da parte deste BLOG sempre serão mostrados os dois lados da moeda. Faço jornalismo.

COTA DOS INTOCÁVEIS

O secretário de Segurança, Paulo César, é um dos mais prestigiados pelo governador Gladson Cameli. Certo tempo atrás em que os dois estavam juntos, ouvi do Gladson ser o secretário da sua extrema confiança e um dos que com quem mais se afinava na equipe. É da cota pessoal.

TIROU O PSL DA PASTA

O presidente Pedro Valério transformou o PSL, partido que era cartorial no Acre; em uma sigla de vida orgânica e com candidatura própria a prefeito de Rio Branco. Para quem não sabe, o PSL terá um dos maiores tempos no horário eleitoral e o maior fundo de campanha para financiar candidaturas. No tocante à estrutura, não ficará a dever aos partidos tradicionais.

NOME TRADICIONAL

O PSL está colocando para o debate na busca de definir uma candidatura à PMRB, uma das figuras mais representativas do meio maçônico acreano, o Sereníssimo da Grande Loja, Fernando Zamora, de uma família de pecuaristas bem sucedidos. É uma grata surpresa.

MAÇONARIA MAIS ATIVA

Amigos maçons me revelaram que as suas duas maiores instituições no Acre devem se posicionar publicamente sobre este momento violento em que está vivendo o Estado.

FAVORECER OS ADVERSÁRIOS

A senadora Mailza Gomes (PROGRESSISTAS) deixar a presidência do partido é o mesmo que favorecer os que estão fazendo boicote interno ao seu trabalho partidário. Continuando na presidência, todos os atos políticos na eleição terão que passar necessariamente por seu crivo.

DEBATE FRANCO

O debate que a deputada federal Vanda Milani (SD) está propondo sobre a Reserva Chico Mendes numa Audiência Pública, não diz respeito ao fim daquela unidade ambiental. A discussão é sobre redefinição de limites, protegendo áreas ocupadas antes da demarcação. 

MAIOR ENTRAVE

É um dos caminhos alternativos viáveis a decisão da SESACRE de buscar trazer médicos para o Estado, por meio do programa Médicos pelo Brasil. Se não aumentar o número de profissionais nas unidades de saúde do Estado, vai ficar sempre a reclamação do atendimento.

ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA

O eleitorado de Tarauacá terá nesta eleição uma opção de quebrar o ciclo do coronelismo político no município, que vem sendo dominado nas últimas eleições pelos Vitorinos e Damascenos, com a candidatura da vereadora Janaína Furtado (PROGRESSISTAS) á prefeita.

CHAPA QUENTE

Os trabalhos na Assembléia Legislativa voltam na próxima terça-feira, com uma sessão especial, e na quarta se iniciam as sessões ordinárias, com previsão de debates acirrados entre deputados da oposição e base do governo. A ALEAC tem de ser protagonista neste momento.

MENOS ISSO

Podem-se fazer cobranças para que a cidade volte a ser tranqüila, mas em um ponto o governador Gladson não pode ser acusado: de não ter dado todas as condições para os que comandam a Segurança terem condições de trabalho. Nunca a polícia esteve tão equipada.

NÃO APOSTARIA 

Em Cruzeiro do Sul a disputa será entre os grupos do prefeito Ilderlei Cordeiro e ex-prefeito Vagner Sales, não apostaria um centavo de que uma candidatura alternativa possa vingar.

NENHUM SINAL

Até aqui o Gladson não deu nenhum sinal sobre como se posicionará na eleição para a prefeitura de Rio Branco. Uma posição difícil, com três candidatos do seu campo político.

CAIXA RECHEADO

Os próximos prefeitos serão beneficiados, com a entrada em vigor do Pacto Federativo, que aumentará os repasses da União para os municípios. Sairão da pindaíba a um caixa recheado.

JV CALADO

O ex-senador Jorge Viana esteve ausente da reunião entre as cúpulas do PSB e PT. A tese defendida pelo JV era a prefeita Socorro apoiar um candidato do PT para a PMRB, o que acabou furando. Contava com essa mexida nas pedras para tentar retornar o PT ao poder.

FUTURO NADA PROMISSOR

Pelo que se apresentam as candidaturas a prefeitos, o PT pode sair pequeno desta eleição, ficando com prefeituras sem muita importância eleitoral. E este não seria um quadro nada alentador para os planos do Jorge Viana (PT), que sonha em voltar ao Senado em 2022.

FOCANDO EM 2022

O senador Márcio Bittar (MDB) não está longe das brigas paroquiais sem um sentido. Quer numa eventualidade em 2022, se o Gladson não disputar a reeleição; e a briga entre o senador Sérgio Petecão (PSD) e Major Rocha (PSDB) acirrar, surgir como nome da unidade ao governo.

NÃO CONTEM COM UM RAPA

Não apostem muito na possibilidade de mudanças significativas na composição da Câmara Municipal de Rio Branco. Não pelo que produziram os vereadores, mas porque boa parte deles tem base eleitoral ou serão prioridades para seus partidos. Pelo menos a metade deve voltar.

VANTAGEM FINANCEIRA

Há ainda o fato de que os grandes partidos, por terem um fundo eleitoral generoso, terão maiores condições de dar estrutura aos seus candidatos a vereadores que as siglas menores. Como a eleição de vereador é segmentada, a estrutura financeira tem peso sim.

CUMPRIR TABELA

O senador Petecão (PSD) diz que vai conversar com o ex-prefeito Angelim para cumprir tabela,  sabe de antemão ser muito improvável que aceite se filiar ao PSD e ser candidato à PMRB.

OLAVINHO BOIADEIRO

É o nome no qual o MDB vai apostar para disputar a prefeitura de Acrelândia nesta eleição.

ROTA PRÓPRIA

O MDB traçou uma rota: chegar mais forte do que é em 2022, para dar as cartas na sucessão.

PRÉVIAS

Prévias com quatro debates com segmentos organizados da sociedade, é a metodologia que o PSL vai usar para sedimentar o nome que será candidato a prefeito da capital. Saiu do trivial.

UMA FRASE MARCANTE

“O maior castigo para aqueles que não se interessam por política é que serão governados pelos que se interessam”. Arnold Toynbee.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas