Conecte-se agora

Nova linha de ônibus do Rio de Janeiro a Lima passará pelo Acre

Publicado

em

FOTO: Tôni Cristian

A empresa Trans Acreana começa a operar oficialmente a linha de Rio Branco a Porto Maldonado, no Peru, a partir da segunda quinzena de fevereiro. A apresentação dos novos ônibus está confirmada para 31 janeiro com a presença do governador Gladson Cameli.

Ainda falta uma autorização complementar que está sendo emitida pelo Governo do Peru. Só de posse desse documento, a empresa –que já tem o alvará da ANTT -poderá iniciar as viagens com frequência que dever ser diária. Uma outra linha sairá do Rio de Janeiro com destino a Lima, passando pelo Acre.

De Rio Branco a Porto Maldonado a passagem custará cerca de R$ 150 e R$ 950 do Rio de Janeiro a Lima em ônibus leito. “Vamos trabalhar os dois serviço, executivo e leito, porém todos os nosso ônibus tem ar-condicionado, wi-fi, TV, água mineral e banheiro”, disse Fernando Lourenço, diretor da empresa.

Anúncios

Acre

Corpo é encontrado enterrado em cova rasa no Jorge Lavocat

Publicado

em

O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado com marcas de perfurações de faca enterrado em uma cova rasa na noite desta segunda-feira, 24, em um terreno baldio localizado na rua Senador Mario Maia, no bairro Jorge Lavocat, em Rio Branco.

Segundo a polícia, o corpo em estado de decomposição estava há aproximadamente dois dias no local. O homem foi encontrado por populares.

A Polícia Militar foi acionada e isolou a área para os trabalhos do perito em criminalística. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos e identificação.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo

Acre

Nicolau comanda sessão e destaca contrato para manter salários

Publicado

em

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Júnior (PP), abriu a sessão da Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 24, agradecendo ao relator do Projeto de Resolução, deputado Pedro Longo (PV), que sustou as medidas cautelares, baseado nas leis e no regimento do poder legislativo. Ele estendeu o agradecimento aos demais parlamentares que votaram e aprovaram a medida.

Nicolau afirmou ainda que a Mesa Diretora da Aleac têm trabalhado incansavelmente para manter a Casa com as contas em dia, temos inclusive adotado medidas de contenção de gastos desde que assumimos o compromisso na presidência. “Somente neste ano já conseguimos reduzir valores de impostos e contratos, chegando a uma economia de R$ 2.133.267,72. Também mantemos uma parceria com Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado, para assim não errarmos em quaisquer decisões e medidas que porventura tenhamos que adotar”, disse.

De acordo com Nicolau, dentre as ações tomadas neste ano, houve antecipação do pagamento do 13° salário dos parlamentares, servidores ativos da Casa, dos comissionados, pensionistas e férias de todos comissionados que foram pagas. “Efetuamos um contrato emergencial com uma nova companhia que já está empenhada em fazer a migração de dados à agência bancária. Dando assim mais segurança e transparência na administração do dinheiro público”, frisa.

Continuar lendo

Acre

Coordenação de Bocalom nega que empresário tenha oferecido doação

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas  

A coordenação de campanha do candidato Tião Bocalom desmentiu o que chamou de “boato” a informação de que havia sido procurado pelo empresário Adem Aaújo que teria oferecido doação ao candidato do Progressistas.

Para mostrar que não partiu de seus auxiliares tal informação,  Bocalom pediu pra o senador Sérgio Petecão (PSD) e o deputado José Bestene (Progressistas) irem ao encontro do empresário na manhã de hoje (24).

A redação de ac24horas reafirma que recebeu a informação da possível doação do coordenador político do PSD, Solino Matos, que integra a equipe de campanha do candidato Tião Bocalom.

Continuar lendo

Acre

Eleitor não pode ser preso a partir de hoje devido ao segundo turno

Publicado

em

Foto: Divulgação 

Os eleitores que moram nas cidades que terão segundo turno das eleições municipais não podem ser presos a partir desta terça-feira (24). A restrição é válida no período de cinco dias antes do pleito e 48 horas depois da votação. A segunda rodada de votação será realizada no próximo domingo (29).

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), há exceções sobre a impossibilidade de prisão. As regras não se aplicam aos casos de crime em flagrante e de sentença condenatória por crime inafiançável, como racismo, tortura e tráfico de drogas.

Criada pela Lei 4.727/1965, a restrição das prisões no período eleitoral está prevista no Artigo 236 do Código Eleitoral. Pelo dispositivo, “nenhuma autoridade poderá, desde cinco dias antes e até 48 horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito”.

No domingo, cerca de 38 milhões de pessoas estão aptas a votar no segundo turno, que ocorrerá em 57 cidades do país, das quais 18 são capitais.

Agência Brasil

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas