Conecte-se agora

Insumos brasileiros adquiridos na fronteira são destruídos na Bolívia

Publicado

em

A imprensa boliviana divulgou no início dessa semana a destruição de centenas de produtos brasileiros adquiridos na região de fronteira do país com o Acre. A ação partiu do SENASAG, que pertence ao Ministério da Agricultura da Bolívia. A intenção do governo, conforme mostrou o noticiário TVU Canal 21, é dar cumprimento às leis do país e preservar as iniciativas sanitárias, resguardando a saúde dos moradores.

Foram 37 caixas de cerveja de duas marcas distintas, caixa de óleo somando quase 20 litros e 30 quilos de arroz comprados em território brasileiro literalmente destruídos, após serem levados para um local aparentemente usado como lixão, em Cobija, capital do departamento de Pando. “Controle internacional. Cumprimentos da lei cuidando da saúde do consumidor”, disse o representante do SENASAG em entrevista à TV local.

O governo boliviano recomendou à população que “verifique a procedência dos alimentos e bebidas alcoólicas e se informem antes de consumirem”. Ultimamente, a Bolívia tem fortalecido a fiscalização na alfândega. O governo teme que os alimentos adquiridos no Acre substituam os produtos originários do país, impactando na produção local.

A apreensão objetiva, segundo o SENASAG, “contribuir para o desenvolvimento sustentável e sustentável do setor agrícola com soberania e segurança alimentar”.

Veja o vídeo:

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas