fbpx
Conecte-se agora

Direção de presídio aposta no trabalho para ressocializar presos

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 29, a direção do Complexo Penitenciário Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, entregou para os gestores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) móveis feitos por detentos. Os beliches serão usados para o repouso de servidores da unidade de saúde.

A madeira, fruto de apreensão, foi doada pelo Instituto de Meio Ambiente do Acre à direção do presídio.

O diretor do Complexo Penitenciário, Missael Melo, diz que outros móveis já foram feitos para a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e outros órgãos públicos.

Dos mais de 800 detentos de Cruzeiro do Sul, 96 trabalham e a moveleira é uma das várias atividades laborais dos presos. No Complexo Penitenciário também funcionam um posto de lavagem, marcenaria, casa de farinha, pocilga, horta e oficina mecânica.

Algumas atividades resultam em pagamento para os presos e outras, na remissão de pena. A cada três dias trabalhados, um dia da pena é reduzido.

Missael diz que o objetivo é ampliar as atividades laborais no Complexo Penitenciário, como forma de tornar melhor o ambiente no presídio e garantir a ressocialização dos presos. “Desde que assumi trouxe a visão de usar a mão de obra pra ajudar as instituições do Estado e Município. Aumentamos a quantidade de presos trabalhando e consequentemente a chance de ressocialização deles”, conclui.

Propaganda

Na rede

Nova sinalização permite três grandes aviões ao mesmo tempo no aeroporto de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A Infraero concluiu, na última semana, os trabalhos da nova sinalização horizontal do pátio de manobras do Aeroporto Internacional de Cruzeiro do Sul. A nova sinalização permite que o aeroporto realize a operação “pushback”, já utilizada na maioria dos aeroportos da rede Infraero, na qual o deslocamento da aeronave antes da decolagem, ocorre por equipamento auxiliar até uma área demarcada, para que ela possa se deslocar por meios próprios no pátio de manobras, de maneira segura.

O superintendente do aeroporto, Carlos Augusto Santos de Andrade, explica que a nova sinalização também permite que o aeroporto opere, de maneira simultânea, até três aeronaves de Categoria 4C (similar ao Boeing 737-800). “Quando a sinalização antiga foi projetada, as aeronaves que operavam no aeroporto eram menores, o que nos permitia operar apenas uma aeronave de grande porte por vez. Agora, temos operações mais fluídas e seguras no terminal”, pontuou.

Os trabalhos, que foram feitos sem afetar a operação normal do aeroporto e tiveram investimento de R$ 141,3 mil, também contemplaram a revitalização da sinalização da pista de pouso e decolagens do aeroporto acreano, proporcionando melhorias na circulação de aeronaves de grande porte.

Com capacidade para receber 1,6 milhão de passageiros ao ano, o terminal está localizado a 15 quilômetros do centro da cidade e recebeu mais de 55 mil de passageiros em 2019. Atualmente, a empresa Gol Linhas Aéreas opera voos diários, com saída de Cruzeiro do Sul com destino a Rio Branco e Brasília (DF), fazendo conexões para outros destinos.

Cruzeiro do Sul tem no transporte aéreo sua principal ligação entre as cidades do Oeste do Acre e a capital Rio Branco. O aeroporto atende às operações da aviação comercial e aviação geral (táxi aéreo), e é base de apoio aos municípios vizinhos para deslocamentos em questões de atendimento médico e operações militares, além de ter papel fundamental na economia local, baseada no extrativismo e no agronegócio. Em virtude da localização em área de fronteira, a Força Aérea Brasileira (FAB) utiliza o terminal como base para algumas operações de defesa do país, em conjunto com outros países, como Bolívia e Peru.

 

Continuar lendo

Na rede

Chaguinha do Povo chora ao defender irmã de Ilderlei

Publicado

em

O vereador Chaguinha do Povo (PP) chorou na tribuna da Câmara de Cruzeiro do Sul nesta terça-feira, 18, ao defender a advogada Idelcleide Cordeiro, irmã do prefeito Ilderlei Cordeiro, presa pela Polícia Federal na última sexta-feira, 14, acusada de ser a operadora do suposto esquema de desvio de verbas federais por meio da CBCN e empresas sub contratadas.

Segundo o vereador, “ela não fez nada de errado e é a melhor pessoa que já conheci. É séria”, explanou.

João Keleo (PP) lembrou que muitas denúncias foram feitas contra a CBCN, mas alertou que pessoas inocentes já foram presas em Cruzeiro do Sul, acusadas injustamente. “Aqui mesmo já tivemos casos de vereadores acusados de estupro e outros crimes que não se provou a culpa”, disse.

Hoje, o vereador Antônio Cosmo apresentou requerimento de Instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o possível desvio de dinheiro público na cidade.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas