fbpx
Conecte-se agora

Com pacote a R$ 2,5 mil, aldeia promove 4 dias de Vivência Carnaval, em Feijó

Publicado

em

O povo Huni Kuin realiza de 21 a 25 de fevereiro a 1ª Vivência Carnaval Huni Kuin na Aldeia São Francisco, em Feijó. O pacote de 4 dias na aldeia custa R$ 2,5 mil e inclui translado em barco de Feijó para aldeia e da aldeia para Feijó, alimentação e hospedagem.

Refeições tradicionais, pintura corporal, brincadeiras indígenas, danças, aplicação da vacina do kambô, uso do rapé e ayahuasca, contamento de histórias, cerimônias de cura e muitas outras atividades estão na programação.

Outras informações pelos telefones 55 68 98419-3375 ou 55 68 99999-9487.

Propaganda

Cidades

Governo diz que Anac liberou pista de avião de Feijó para pousos e decolagens

Publicado

em

O Governo do Acre anunciou neste sábado (15) que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) liberou a pista do aeródromo de Feijó após cumprimento de exigências e das melhorias implementadas pelo Estado.

“Vale lembrar que desde 2019, o governo Gladson Cameli luta para manter a ligação aérea dos municípios isolados, fazendo a manutenção necessária nos aeroportos”, diz o Governo.

A pista de aviação de Feijó se inclui no projeto de reforma de vários outros aeródromos. Pistas alargadas, com estruturas em concreto para maior durabilidade, revitalização completa das estruturas atuais, novas bases, pinturas gerais e noturnas, nova iluminação e toda base comum às estruturas modernas foram anunciadas no ano passado pelo Governo do Estado.

Continuar lendo

Cidades

Caminhonete da Polícia Civil acreana é flagrada circulando em Iñapari, no Peru

Publicado

em

Turistas que passaram pela cidade peruana de Iñapari, fronteira com o município de Assis Brasil, na manhã desta sexta-feira, 14, estranharam a presença de uma caminhonete da Polícia Civil do Acre em circulação no país vizinho.

O flagrante suscitou dúvidas se o veículo estaria realizando atividades pessoais ou qualquer outra que não seja condizente com seu estado de veículo público, destinado a atender as demandas da Polícia Civil.

Mas, afinal, o que fazia um veículo de uma força de segurança do Acre no Peru. já que aparentemente não há nenhuma operação sendo realizada entre os dois países?

O ac24horas entrou em contato com a assessoria de imprensa da Polícia Civil que deu explicações sobre o carro no Peru.

Segundo informações do delegado Sérgio Lopes, responsável pelas delegacias da região do Alto Acre, a viatura pertence a Delegacia de Assis Brasil. O delegado diz que há troca de informações e trabalho conjunto entre as policias brasileira e peruana.

Ainda de acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Civil, outro motivo para que a viatura cruze a fronteira é quando ocorrem prisões por tráfico de drogas. Se houver alguma quantia em moeda peruana (novo sol), com a pessoa detida, segundo a Polícia Civil há a necessidade de fazer o câmbio para o real, já que a justiça brasileira não aceita dinheiro estrangeiro quando recebe os inquéritos concluídos.

Mas, no caso específico desta sexta-feira, a informação oficial é de que um agente teria ido entregar uma documentação à pedido do delegado Sérgio Lopes.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas