Conecte-se agora

Com inquérito policial, jornalista rebate: “a farsa foi desmontada”

Publicado

em

O jornalista Rogério Wenceslau mostrou o inquérito policial que apura o caso de arrastão ocorrido no último final de semana na Estrada do Amapá, em Rio Branco. Na manhã desta quarta-feira, 29, Wenceslau tentou rebater as respostas do governo, que vinha afirmando em nota de esclarecimento que o caso denunciado pelo jornalista não aconteceu.

O jornalista reiterou que o crime aconteceu do lado de fora do restaurante Manto Verde, situado nas margens da estrada. Uma das proprietárias do estabelecimento publicou um vídeo nessa segunda-feira, garantindo que nenhum cliente se queixou de arrastão pelas localidades.

O inquérito policial garante que seis vítimas procuraram a delegacia para relatar o ocorrido. “A farsa do governo foi desmontada”, disse Rogério. Para ele, também foi vítima quando “fizeram injúria e difamação, achando que eu estava mentindo”, afirmou.

O delegado Leonardo Alves de Alvarenga é que está à frente do caso. O inquérito também confirma dois ciclistas como vítimas do arrastão, conforme Wenceslau explicou. “Às 10 horas paramos em uma sombra e neste momento pararam duas pessoas em uma Twister e realizaram o arrastão”, relatou uma das vítimas, como consta em documento.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas