Conecte-se agora

Governo determina que agentes de segurança cedidos para órgãos voltem aos locais de origem

Publicado

em

Com a necessidade cada vez mais urgente de dá uma resposta à sociedade no enfrentamento a violência, o governo vai aumentar o efetivo das forças de segurança.

A solução imediata adotada é buscar todos os agentes socioeducativos, bombeiros militares, policiais penais, civis e militares que estão “emprestados” para outros órgãos ou poderes que voltem para seus locais de origem.

O quantitativo não é pequeno. Segundo levantamento da Secretaria de Segurança Pública cerca de 240 servidores estão nessa condição.
Do montante, se destacam os policiais militares. Com a decisão, o PM vai receber de volta um reforço de 153 policiais que estavam cedidos e que voltam às ruas de Rio Branco e do interior.

“Diante da necessidade, solicitamos a compreensão no sentido de adotar medidas que viabilizem o retorno de servidores aos seus órgãos de origem e, com isso, fortalecermos o trabalho da segurança, dando continuidade a uma prestação de serviço público essencial e de excelência”, destaca o secretário de segurança pública, Paulo Cézar.

Com informações da  Agência de Notícias do Acre

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas