Conecte-se agora

Detentos encerram protesto e termina greve de fome em presídio

Publicado

em

Durou menos de 24 horas a greve de fome em seis pavilhões da Penitenciária Francisco D’Oliveira Conde.

Após ficarem sem tomar café da manhã e almoçar nesta segunda-feira, 27, os presos aceitaram a janta, tomaram café normalmente na manhã desta terça e encerraram o movimento que tinha por objetivo protestar contra decisões recentes do Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN) relatadas em uma carta pelos detentos como suspensão do banho de sol e das visitas íntimas e retirada de televisões das celas.

Pelo menos uma das reivindicações foi atendida. Os presos reclamam que a unidade de saúde que existe dentro do complexo não consegue atender a demanda da população carcerária.

A direção do presídio garantiu que será realizada uma triagem nos pavilhões para identificação das necessidades de atendimentos para que possam ser providenciados as consultas e demais procedimentos adequados.

O complexo penitenciário Francisco D’Oliveira Conde é a maior penitenciária do Acre a abriga atualmente 3.402 detentos.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas