fbpx
Conecte-se agora

Secretário de segurança do Acre é contra atuação independente da Força Nacional no Estado: “tem 64 aqui e não fazem nada”

Publicado

em

Durante coletiva de imprensa realizada pela equipe do governador Gladson Cameli (Progressistas) na tarde desta segunda-feira, 27, no Palácio Rio Branco, o secretário de segurança pública do Acre, coronel Paulo Cézar, aproveitou para rebater o anseio da população acreana pela presença da Força Nacional no estado, atuando diretamente contra o crime organizado.

Segundo o gestor, “a Força Nacional é uma falácia do governo federal”. Para exemplificar o que afirmou, Paulo Cézar usou a presença de 64 agentes da Força Nacional que já estão no Acre, em Assis Brasil e em Plácido de Castro. “Tem 32 em Plácido e 32 em Assis Brasil. Ficam dois homens em serviço. Tem dois lá e não fazem nada”, argumentou o secretário.

De acordo com o secretário, uma intervenção federal requer uma série elementos e que este não é o caso do Acre. Ele relatou a apreensão de veículos pegos numa parceria da polícia militar do Acre com a polícia nacional boliviana. “Eles [veículos] passaram na frente deles [Força Nacional] e não foram apreendidos”.

Paulo diz que apoia sim uma intervenção, “desde que seja uma intervenção em que a União cumpra seu papel de combater o narcotráfico internacional, por exemplo”, afirmou. O secretário disse ainda que para concordar com o trabalho da Força Nacional, o estado deveria ter autonomia para comanda as ações.

O coronel garante que esta é a mesma opinião de todos os secretários de segurança do país. “Falo isso em nome de todos os secretários de segurança pública. Somos veemente contra a atuação da Força Nacional”, afirmou.

Propaganda

Acre

Brasil avalia construção de hidrelétrica binacional com a Bolívia

Publicado

em

FOTO: INTERNET

O Brasil estuda construir uma usina hidrelétrica binacional com a Bolívia. O projeto seria no Rio Mamoré, acima do município de Guajará-Mirim (RO), contando com experiência e investimentos de Itaipu.

A possibilidade foi comentada na última sexta-feira (14) pelo diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, durante solenidade de comemoração da geração recorde de 2,7 bilhões de megaWatts/hora (MW/h) produzidos desde o início de sua operação, em 1984.

O Ministério estimou em cerca de US$ 5 bilhões o valor de construção da usina binacional com a Bolívia, tomando-se em conta o valor das grandes usinas recentes.

Continuar lendo

Acre

PSDB indica Pelé Campos como pré-candidato a prefeito de Feijó

Publicado

em

O lançamento da pré-candidatura do escolhido pelo PSDB para disputar a prefeitura do município de Feijó ocorreu neste sábado, 15, na Câmara Municipal. Pelé Campos foi apresentado como pré-candidato com apoio de importantes figuras do ninho tucano, coo o vice-governador do Acre, Major Rocha e a deputada federal Mara Rocha.

Pelé irá disputar a vaga também com o atual prefeito de Feijó nas eleições de 2020. Na mesma ocasião, também ocorreu o ato de filiação do PSDB em Feijó. Participaram do ato políticos como o deputado estadual Cadmiel Bomfim, o presidente do MDB, Abner Tavares e o presidente do PSDB, Luciano Machado.

Pelé Campos foi apontado como “aquilo que o município precisa para se desenvolver”. Para os dirigentes do partido, ele é uma figura qualificada, entendedor de Gestão Pública.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas