Conecte-se agora

Monitorado é perseguido for faccionados e executado com seis tiros

Publicado

em

Mais um homicídio com características de execução foi registrado na Capital. O presidiário monitorado por tornozeleira eletrônica Mateus Figueiredo dos Santos, de 21 anos, foi morto com seis tiros na tarde desta segunda-feira (27). O crime aconteceu na rua Osvaldo Miranda,  no Conjunto Laélia Alcântara, na região do bairro Calafate, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia repassadas a reportagem do ac24horas, Mateus estava em sua residência quando dois homens não identificados, membros de uma facção, chegaram numa motocicleta, desceram, o chamaram na frente da casa. Quando o jovem saiu, um dos criminosos em posse de uma arma de fogo começou a atirar, Mateus correu para dentro de casa, pulou a janela e em seguida pulou a cerca de madeira. O jovem foi perseguido na rua por cerca de 100 metros e foi atingido com seis tiros na região das costas, braço, peito e no pescoço e caiu dentro de uma casa de oração. Após a ação os bandidos fugiram tomando rumo ignorado.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos dos peritos em criminalística, em seguida colheram as características dos autores do crime, fizeram rondas na região em busca de prendê-los, mas ninguém foi encontrado.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo informações de familiares já havia se desligado da organização e estava frequentando uma igreja no bairro.

A polícia acredita que a motivação do crime é a guerra entre facções.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas