Conecte-se agora

Segurança do Acre ajudou na queda da violência em todo o Brasil

Publicado

em

Segundo reportagem especial do jornal O Globo, de domingo (26), a capital Rio Branco está entre as 120 cidades que ajudaram na queda da violência em 2019. Redução de mortes letais foi 25,8%.

A chacina da Transacreana que completou oito dias neste domingo (26) pode ter sido um “ponto fora da curva” nas estatísticas de violência em todo o país. Embora a sensação de segurança esteja longe da realidade do cidadão rio-branquense, dados divulgados pelo jornal O Globo, mostram que as ações estratégicas da segurança pública do Acre têm rumo certo. O isolamento dos líderes de facções em presídios federais é apontado como acerto no combate ao crime organizado. A fragilidade das fronteiras é o maior desafio.

Será ironia do destino?

A expressão mais usada pelo ex-secretário de segurança pública do estado, Emylson Farias “um ponto fora da curva”, parece explicar o que ocorreu no Acre durante todo o mês de janeiro quando, os números de homicídios voltaram a registrar alta, tendo como ponto mais agudo, a conhecida Chacina da Transacreana, em que seis pessoas foram executadas enquanto se divertiam em um bar, no km 100 da rodovia.

É que segundo o jornal O Globo – edição deste domingo (26) – Rio Branco está entre as 120 cidades brasileiras que ajudaram na queda da violência no ano passado. Segundo o Atlas da Violência enquanto em 2018 entre os meses de janeiro e setembro foram registradas 182 mortes violentas, em 2019, esse número reduziu para 135. Uma diminuição de 25,8%.

Assim como Rio Branco concentra a maioria absoluta dos homicídios no mesmo período, as 120 cidades em todo o país, impulsionaram a queda de violência, por concentrarem mais de 87 milhões de brasileiros. De acordo com o levantamento do jornal, entre janeiro e setembro do ano passado, essas cidades registraram 13.625 assassinatos, contra 18.070 no mesmo período de 2018. Já no país todo, o número caiu de 37.682 para 29.415. A checagem foi nos dados recebidos de governos estaduais e prefeituras, por isso a divulgação não é imediata.

Entre as causas apontadas por quem estuda a fundo Segurança Pública, estão a melhor estrutura das polícias nas grandes cidades, uso de ações de inteligência para enfrentar o crime organizado e o fato de medidas de curto prazo ocasionarem impactos expressivos nesses locais.

Especialista também avaliam medidas tomadas dentro dos presídios e elogiam os operadores de segurança que para combater o crime organizado, isolou chefes de facções em presídios federais.

Em entrevista ao Globo, o diretor do Instituto Cidade Segura, Alberto Kopittke, afirmou que a redução dos conflitos entre grupos criminosos também influenciou a queda nos homicídios. Ele afirma que a preocupação agora deve se voltar para o sistema carcerário, para que a redução da criminalidade permaneça a longo prazo.

Ainda de acordo a reportagem, o mapa dos homicídios pelas cidades do Brasil mostra que o combate à criminalidade nas fronteiras ainda é um desafio para a estrutura de segurança pública do país.

Foto: Kennedy Santos

A fuga em massa no presídio do Paraguai em Ponta Porã (MS), na fronteira com Pedro Juan Caballero é citada na reportagem para demonstra que no conjunto de municípios fronteiriços a diminuição da violência, devido a guerra pelo tráfico de drogas foi menor.

Uma semana após o final de semana com índices “fora da curva”, o Grupo de gerenciamento de crise ainda não apresentou os autores da chacina da Transacreana, muito menos, o carro utilizado na trágica noite.

Dos 26 presos que fugiram do presídio Francisco D’Oliveira Conde, apenas 9 foram recapturados. O Ministério Público Estadual investiga se houve facilitação na fuga.

Anúncios

Acre

Daniel Zen diz que Socorro Neri virou as costas aos aliados

Publicado

em

O deputado estadual e candidato do PT à Prefeitura de Rio Branco, Daniel Zen, usou as redes sociais nesta segunda-feira, 21, para falar a respeito do que aconteceu entre o PT-PCdoB-PSOL e o PSB de Socorro Neri.

Zen afirmou que todos eram aliados, mas com a derrota de Marcus Alexandre (PT) nas eleições de 2018, o PT viu Socorro Neri mudar e virar as costas aos aliados. Em sua argumentação, o petista falou acerca da extinção de secretarias importantes criadas pelo ex-prefeito e que foi varrida com reforma administrativa de Socorro Neri (PSB).

O petista contou que em duas oportunidades, uma com os partidos aliados e outra ele em reunião com Neri, ouviu dela que não a esperasse e que não discutiria política naquele momento. Nesse meio tempo, a imprensa noticiava uma aproximação dela com o governador Gladson Cameli.

“O que a prefeita fez com o PCdoB, foi o mesmo que já havia feito com nós do PT. A diferença é que ao perceber que já não éramos bem-vindos, nós pedimos pra sair. O PCdoB permaneceu fiel à coligação que ajudou a eleger, até que ela demonstrou que também não os queriam por perto”, argumentou Zen.

O candidato petista disse que escolher com quem quer caminhar é normal, mas “o que não dá é agir de forma sorrateira, com deslealdade e ingratidão”.

“Se negar a conversar e dizer que não quer a aliança ou romper com aliado fiel faltando minutos para iniciar uma convenção, isso aí foi uma grande falta de respeito”, afirmou Zen.

 

Continuar lendo

Acre

Quase 40 presos tentam fugir novamente de presídio da capital

Publicado

em

Uma tentativa de fuga foi registrada na noite dessa segunda-feira, 21, no Complexo Penitenciário de Rio Branco. Pelo menos 39 detentos empreenderiam fuga, não fosse a ação rápida dos policiais penais de plantão. Com os presos, foram encontradas sete cordas artesanais conhecidas como “teresas”, uma escada e uma chave artesanais, além de um simulacro de arma de fogo.

De acordo com a equipe da unidade, por volta das 18h40, o policial de plantão na guarita número 7 visualizou alguns presos no solário destinado ao banho de sol pavilhão “L”. Diante da situação, o operador chamou a atenção dos presos com comando de voz e realizou um disparo de advertência.

Com o barulho, alguns detentos retornaram para o interior do pavilhão, enquanto outros quatro presos já se encontravam na área externa do alojamento. Desta forma, com apoio de um segundo policial, mais dois disparos de advertência foram efetuados.
Via rádio os profissionais informaram sobre a tentativa de fuga no pavilhão “L” e foram prontamente atendidos pelo Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE), que prestou o devido apoio na contenção dos detentos.

Os policiais penais realizaram uma verificação de estrutura e identificaram que os detentos das celas 3, 4, 8 e 9 abriram o solário com uma chave artesanal. No total, 39 presos empreenderiam fuga. Durante a contagem, foi verificado que nenhum detento havia fugido e que os quatro que estavam do lado de fora já tinham retornado pelo mesmo buraco feito no solário.

Após a tentativa de fuga, os 39 detentos foram encaminhados para o isolamento preventivo e responderão a processo administrativo disciplinar para apurar a falta cometida.

Continuar lendo

Acre

Brasiléia e Cobija reabrem Ponte da Amizade depois de seis meses

Publicado

em

Após seis meses de fechamento causado pela pandemia do novo coronavírus, a Ponte da Amizade, que liga a cidade acreana de Brasiléia à capital do departamento boliviano de Pando, Cobija, foi liberada para o tráfego entre os dois países. O ato de reabertura foi realizado nesta segunda-feira, 21.

A Ponte Internacional, que faz a ligação entre Epitaciolândia e Cobija, já está reaberta desde o último dia 11, depois de comerciantes, empresários e populações das três cidades fronteiriças fazerem fortes apelos pelo fim do bloqueio que promoveu crise econômica e social na região.

Naquela ocasião, a Ponte Wilson Pinheiro permaneceu fechada por decisão das autoridades locais em razão da falta de contingente das áreas de saúde e segurança pública para fazer o monitoramento nas duas passagens para o lado boliviano. Porém, passou a haver uma pressão também dos empresários de Brasiléia para a abertura da segunda ponte.

No ato de reabertura, os prefeitos Fernanda Hassem e Gatty Ribeiro, de Brasiléia e Cobija, afirmaram que restrições sanitárias continuarão, apesar da liberação do tráfego. Os dois lados terão barreiras que controlarão o acesso exigindo o cumprimento das normas impostas pelos dois países.

Na ponte internacional, entre Epitaciolândia e Cobija, o horário de funcionamento continua restrito ao período das 7 às 18 horas, nos dias úteis, e das 7 horas às 14 horas nos feriados e fins de semana. Na Ponte da Amizade, as regras e horários são os mesmos e a circulação é restrita aos residentes das três cidades.

Continuar lendo

Acre

Colegiado de vogais da Junta Comercial do Acre toma posse

Publicado

em

O presidente da Junta Comercial do Estado do Acre (JUCEAC), Jurilande Aragão, deu posse nesta segunda-feira, 21, ao novo colegiado de vogais para o quadriênio 2020/2024. O evento ocorreu na sede da autarquia, na avenida Antônio da Rocha Viana, Vila Ivonete, em Rio Branco.

Na ocasião, a empresária e contadora Nayara Maria Honorato Souza do Nascimento foi empossada como vice-presidente da Junta Comercial do Acre.

Os dois compõem o colegiado de vogais, órgão colegiado consultivo e de deliberação superior da JUCEAC, que é composto ao todo por 10 representantes de entidades de classe e do Governo Acre, tendo cada instituição direito a titular.

O colegiado de vogais, órgão de deliberação superior da Junta Comercial, tem entre suas atribuições a de julgar processos de decisão colegiada, os recursos interpostos das decisões definitivas, decidir sobre o assentamento dos usos e práticas mercantis, deliberar sobre a tabela de preços dos serviços da Junta Comercial e aprovar o regimento interno da Autarquia, bem como suas alterações.

As entidades que têm representação no colegiado de vogais são:

ACISA: Jurilande Aragão (Presidente), DREI: Nayara Maria Honorato (Vice Presidente), FEDERACRE: João Batista Fecury e Pedro Ferreira da Silva, FIEAC: Francisco Nailton Feitosa, FAEAC: Maria Do Socorro Nobre, OAB/AC: Ferdinando Faria Araújo, CORECON: José Idalécio de Souza Galvão, CRA/AC: Denilson Angelim Alves e CRC/AC: Theoelita da Silva Quindere.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas