fbpx
Conecte-se agora

Projeto social acreano é escolhido para representar o Norte em ação de Wesley Safadão

Publicado

em

Os projetos desenvolvidos pela Associação ‘Olhar Diferente’, em Rio Branco, têm rendido bons frutos. O mais recente reconhecimento veio da equipe do cantor cearense de renome nacional Wesley Safadão. Nessa quarta-feira, 22, a jovem idealizadora do projeto, Karoliny Oliveira, de 18 anos, recebeu das mãos do cantor um cheque no valor de R$ 22.573,14. A associação acreana foi uma das cinco iniciativas voluntárias do país escolhidas para serem contempladas com o cheque – cujo dinheiro arrecadado por meio de um bazar do cantor foi dividido em cinco partes iguais, um para cada região.

O ‘Olhar Diferente’ foi selecionado para representar a Região Norte no projeto de W Solidário, que beneficia entidades de cunho voluntário pelo país. Tudo começou com a inscrição da Associação no projeto do cantor, no mês de dezembro de 2019. “A princípio hesitamos em fazer a inscrição porque nos achamos muito pequenos a nível de Brasil para concorrer”, disse Gleici Oliveira, mãe da idealizadora e que ajuda ativamente nas ações em Rio Branco. Mas decidiram se inscrever, conforme ditava o edital. Um dia depois saiu o resultado, e a surpresa: o ‘Olhar Diferente’ havia sido contemplado.

“Fomos selecionados para representar a Região Norte. Eles [equipe do cantor] entraram em contato com a gente pedindo os dados para emitirem as passagens para Fortaleza. Lá, a Karoliny teve uma reunião com Wesley Safadão e o representante da plataforma Transforma Brasil”, explica Oliveira.

Os mais de R$ 22 mil entregues para a associação acreana deverá ser utilizado exclusivamente em ações que beneficiem crianças. “Esse dinheiro que recebemos vai ser para isso, pois no início de cada ano fazemos o planejamento de todas as ações que iremos desenvolver durante o ano e nossa primeira campanha é a de volta às aulas. A campanha deste ano está garantida”, comemora Gleici.

Com o dinheiro, ao menos 500 crianças carentes devem ser contempladas com material escolar este ano. “Fizemos a inscrição desacreditados, porque era algo muito grande. Não temos palavras para descrever esse momento único. O sentimento é de gratidão. Nunca sonhamos em chegar tão longe. Representar nosso Acre com uma atitude positiva é muito gratificante. É preciso investir nas crianças, elas são nosso futuro”, destaca a voluntária.

Para as idealizadoras do projeto ‘Olhar Diferente’, é gratificante saber que estão conseguindo ajudar e modificar a vida de muitas pessoas. “A nossa parte nós fazemos. Quando o resultado saiu ficamos em estado de graça. Vai ser muita linda a nossa campana de volta às aulas”. Wesley Safadão ainda gravou um vídeo parabenizando a ação acreana. “Beijão para Rio Branco e parabéns pelo trabalho que vocês fazem”, disse o cantor.

Sobre o ‘Olhar Diferente’

O projeto começou como parte de uma atividade escolar de quatro adolescentes, em Rio Branco, e tornou-se uma das maiores associações de cunho solidário do estado. Hoje é uma associação com CNPJ e já atendeu mais de 10 mil pessoas na capital acreana. A última ação aconteceu em dezembro do ano passado. Foram três dias de doações e mais de 4 toneladas de alimentos entregues à famílias carentes.

O trabalho beneficia famílias carentes, selecionadas pelo perfil socioeconômico. São priorizadas pessoas que vivem de benefícios do governo, com filhos ou pais desempregados, que passam necessidade.

O ‘Olhar Diferente’ realiza ações durante todo o ano, alcançando pessoas em situação de rua, com distribuição de marmitas, campanha Volta às Aulas – que ajuda crianças carentes com material escolar e o ponto alto do projeto, que é o Dia das Crianças.

Propaganda

Destaque 4

Coronavírus: 40% dos acreanos acham que a doença chegará ao Estado; alerta continua

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

No Brasil, segundo o governo federal, já foram descartadas 28 suspeitas do novo coronavírus desde o começo do monitoramento, e esse número ainda pode subir, tendo em vista que o país ainda possui alguns casos suspeitos.

Mesmo assim, 61% dos brasileiros acham que o coronavírus vai chegar ao Brasil. Os acreanos, no entanto, estão muito abaixo dessa média: apenas 40% da população acredita que o vírus chegará ao Estado, segundo a pesquisa “Coronavírus: O que pensam os Brasileiros?”, realizada pelo portal Trocando Fraldas (www.trocandofraldas.com.br).

Com esse percentual, os acreanos são os que menos se preocupam com a chegada da doença.

Apesar da grande mobilização dos governos estaduais, nem todo mundo acredita que o sistema de saúde está preparado para uma epidemia. No Espírito Santo somente 9% dos entrevistados acha que o sistema de saúde está preparado para o coronavírus. No Rio de Janeiro, o número também é baixo, com 10%.

Rio Grande do Sul é um dos Estados com o maior número de pessoas que acham que o coronavírus chegará ao Brasil.

Em São Paulo, 82% dos participantes se preocupa com a saúde dos filhos em relação ao vírus.

De acordo com o ministério da saúde, os primeiros vírus foram identificados em 1960; e ainda não está claro para os pesquisadores como ocorreu a mutação que permitiu o surgimento desse novo vírus.

A pesquisa do TF diz que 72% dos brasileiros estão preocupados com o vírus, independentemente da idade que possuem. E mais da metade acha que o vírus pode chegar ao país. A preocupação com vírus é maior entre as mulheres, 73% delas. Enquanto somente 66% dos homens se preocupam.

Além disso, participantes com filhos estão mais preocupados com o vírus do que as mulheres que estão grávidas. Sendo 76% dos entrevistados(as) com filhos e 69% das grávidas.

Quando se trata da saúde dos filhos em relação ao coronavírus, as mulheres estão mais preocupadas, sendo 42% das entrevistadas. Enquanto isso, somente 38% dos homens está.

Essa preocupação cresce com a idade de cada entrevistado. Dos 18 aos 24 anos, somente 30% se preocupa. Enquanto dos 45 aos 49 anos 63% se preocupa.

A Organização Mundial da Saúde emitiu o primeiro alerta sobre a doença em 31 de dezembro de 2019, depois que as autoridades Chinesas notificaram sobre uma misteriosa pneumonia na cidade de Wuhan, metrópole chinesa com 11 milhões de habitantes, sétima maior cidade da China e a número 42 do mundo. O tamanho é comparável com a cidade de São Paulo, que tem mais de 12 milhões de habitantes.

Veja o índice de expectativa da chegada da doença em cada Estado:

Continuar lendo

Destaque 4

Alunos do Jordão estão sem previsão para início do ano letivo por falta de professor

Publicado

em

Pais e mães dos alunos do 2º ano do ensino fundamental da escola Manoel Rodrigues, localizada no município do Jordão, foram surpreendidos com o retorno dos filhos para casa. Os estudantes que deveriam estar em sala de aula – já que o ano letivo começou na última segunda-feira – foram mandados de volta por falta de professor.

São 24 alunos prejudicados que, segundo a direção da escola, podem começar o ano letivo apenas no próximo dia 25 de março, ou seja, um mês e meio de atraso, comparado ao início das aulas nas demais escolas do estado.

O diretor da escola, Carlos Ronier, que não tem autonomia para convocar professor, já que essa é uma atribuição da Secretaria Estadual de Educação, confirma a falta de professor e diz ainda que não há previsão para o início do ano letivo. “O que a Secretaria Estadual de Educação coloca é que vão convocar, mas que não há uma data para que essa convocação aconteça. Eu não sei porque eles não querem convocar agora, isso aí eu não consigo entender”, explica.

A falta de professores não prejudica apenas os pequenos da turma do 2º do ensino fundamental. Quem não conseguiu concluir o ensino na idade/série adequada e procura a modalidade de Ensino de Jovens e Adultos (EJA) também não está tendo aulas por falta de professores. O início estava marcado para o último dia 10, mas também não há previsão.

“No caso da Educação de Jovens e Adultos, nós estamos sem nenhum professor e o Estado está em abertura do processo seletivo e, infelizmente, vamos ter que aguardar esse processo para iniciar as aulas nas turma de EJA”, afirma Carlos.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas