Conecte-se agora

Projeto social acreano é escolhido para representar o Norte em ação de Wesley Safadão

Publicado

em

Os projetos desenvolvidos pela Associação ‘Olhar Diferente’, em Rio Branco, têm rendido bons frutos. O mais recente reconhecimento veio da equipe do cantor cearense de renome nacional Wesley Safadão. Nessa quarta-feira, 22, a jovem idealizadora do projeto, Karoliny Oliveira, de 18 anos, recebeu das mãos do cantor um cheque no valor de R$ 22.573,14. A associação acreana foi uma das cinco iniciativas voluntárias do país escolhidas para serem contempladas com o cheque – cujo dinheiro arrecadado por meio de um bazar do cantor foi dividido em cinco partes iguais, um para cada região.

O ‘Olhar Diferente’ foi selecionado para representar a Região Norte no projeto de W Solidário, que beneficia entidades de cunho voluntário pelo país. Tudo começou com a inscrição da Associação no projeto do cantor, no mês de dezembro de 2019. “A princípio hesitamos em fazer a inscrição porque nos achamos muito pequenos a nível de Brasil para concorrer”, disse Gleici Oliveira, mãe da idealizadora e que ajuda ativamente nas ações em Rio Branco. Mas decidiram se inscrever, conforme ditava o edital. Um dia depois saiu o resultado, e a surpresa: o ‘Olhar Diferente’ havia sido contemplado.

“Fomos selecionados para representar a Região Norte. Eles [equipe do cantor] entraram em contato com a gente pedindo os dados para emitirem as passagens para Fortaleza. Lá, a Karoliny teve uma reunião com Wesley Safadão e o representante da plataforma Transforma Brasil”, explica Oliveira.

Os mais de R$ 22 mil entregues para a associação acreana deverá ser utilizado exclusivamente em ações que beneficiem crianças. “Esse dinheiro que recebemos vai ser para isso, pois no início de cada ano fazemos o planejamento de todas as ações que iremos desenvolver durante o ano e nossa primeira campanha é a de volta às aulas. A campanha deste ano está garantida”, comemora Gleici.

Com o dinheiro, ao menos 500 crianças carentes devem ser contempladas com material escolar este ano. “Fizemos a inscrição desacreditados, porque era algo muito grande. Não temos palavras para descrever esse momento único. O sentimento é de gratidão. Nunca sonhamos em chegar tão longe. Representar nosso Acre com uma atitude positiva é muito gratificante. É preciso investir nas crianças, elas são nosso futuro”, destaca a voluntária.

Para as idealizadoras do projeto ‘Olhar Diferente’, é gratificante saber que estão conseguindo ajudar e modificar a vida de muitas pessoas. “A nossa parte nós fazemos. Quando o resultado saiu ficamos em estado de graça. Vai ser muita linda a nossa campana de volta às aulas”. Wesley Safadão ainda gravou um vídeo parabenizando a ação acreana. “Beijão para Rio Branco e parabéns pelo trabalho que vocês fazem”, disse o cantor.

Sobre o ‘Olhar Diferente’

O projeto começou como parte de uma atividade escolar de quatro adolescentes, em Rio Branco, e tornou-se uma das maiores associações de cunho solidário do estado. Hoje é uma associação com CNPJ e já atendeu mais de 10 mil pessoas na capital acreana. A última ação aconteceu em dezembro do ano passado. Foram três dias de doações e mais de 4 toneladas de alimentos entregues à famílias carentes.

O trabalho beneficia famílias carentes, selecionadas pelo perfil socioeconômico. São priorizadas pessoas que vivem de benefícios do governo, com filhos ou pais desempregados, que passam necessidade.

O ‘Olhar Diferente’ realiza ações durante todo o ano, alcançando pessoas em situação de rua, com distribuição de marmitas, campanha Volta às Aulas – que ajuda crianças carentes com material escolar e o ponto alto do projeto, que é o Dia das Crianças.

Anúncios

Destaque 4

Quase meia tonelada de maconha aprendida no Rio Juruá era trazida do Peru a Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A polícia descobriu que dois homens que transportavam 415 quilos de maconha no Rio Juruá, estavam trazendo o entorpecente do Peru para Cruzeiro do Sul. A dupla foi presa nas primeiras horas da manhã desta quinta feira, 24, ainda no rio, nas proximidades de Rodrigues Alves. Uma arma também foi encontrada com a dupla que transportava a droga em canoas.

Por volta de 2h30 da madrugada de hoje, os policiais encontram uma pequena quantidade da maconha em uma canoa de pequeno porte e prenderam o condutor. Uma hora mais tarde, abordaram um segundo barco, de médio porte, onde estavam mais dois suspeitos e a maior parte da droga. Um deles pulou na água e conseguiu fugir entrando na mata bruta. O segundo suspeito foi preso.
Como a origem da droga é peruana, tudo foi levado para a delegacia da Polícia Federal, onde os suspeitos disseram pertencer a uma organização criminosa e revelaram inclusive o nome da pessoa a quem iriam entregar o entorpecente.

Os homens serão conduzidos para o Complexo Penitenciário Manoel Neri em Cruzeiro do Sul, onde aguardarão à disposição da justiça e responderão pelo crime de tráfico de entorpecentes, podendo pegar até 15 anos de prisão.

O delegado da Polícia Federal de Cruzeiro do Sul, Fabrício Silva, disse que as investigações continuam e que o objetivo é chegar ao dono do entorpecente. O delegado de Polícia Civil, Venicius Almeida, e o comandante da Polícia Militar, tenente-coronel Evandro Bezerra, ressaltam a importância da integração das forças de segurança do Juruá, que apreenderam esse ano, mais de uma tonelada de maconha e cocaína.

A investigação, abordagem e prisões foram feitas pelas Polícias Civil, Federal, Companhia de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar e pelo Grupamento Especial de Fronteira (GEFRON).

Continuar lendo

Destaque 4

Avô acusado de violentar duas netas é solto após 3 dias preso, denuncia mãe das vítimas

Publicado

em

Avô paterno foi solto sem uso de tornozeleira eletrônica e as vítimas estão em pânico, relata a mulher

Em Cruzeiro do Sul, a mãe de duas meninas, de 4 e 12 anos, que foram abusadas sexualmente pelo próprio avô, denuncia que o homem de 64 anos só ficou preso por 3 dias e foi solto sem tornozeleira eletrônica. Segundo ela, as meninas estão em pânico. A mulher, que é técnica de enfermagem, flagrou o ex-sogro, Raimundo Justino de Oliveira, abusando sexualmente da filha mais nova, foi à Delegacia Geral de Polícia e uma equipe prendeu o homem em flagrante.

A mais velha, de 12 anos, resolveu então contar que era abusada desde os 7 anos pelo avô paterno, o que foi confirmado por meio de exame de conjunção carnal. “O hímen da mais velha está rompido porque ele sempre agia com os dedos. Na mais nova, o exame comprovou que ele mexia sim. Um monstro porque a mais velha é neta legítima e a mais nova é por consideração. Elas estão traumatizadas e frequentando psicólogos”, conta a mãe.

Segundo ela, no dia do crime, por ser feriado, a Delegacia da Mulher estava fechada e teve de ser atendida na Delegacia-Geral de Cruzeiro do Sul pelo delegado Venicius Almeida, que prendeu seu ex-sogro em flagrante. Ela afirma que Raimundo Justino foi levado para o Complexo Penitenciário Manoel Neri no dia 3 de agosto, mas saiu no dia 6 sem tornozeleira eletrônica.

“Desde o fato minhas filhas estão com acompanhamento psicológico. Quando souberam da soltura do avô, o pânico delas aumentou. Já ele está livre e vai pra todo lugar, não pegou sequer prisão domiciliar, nem usa tornozeleira eletrônica”, desabafa revoltada a mãe das meninas.

O delegado Venicius Almeida afirma não saber o motivo de o homem ter sido liberado pela Justiça, mas acredita que seja por causa da idade, 64 anos e devido à pandemia de Covid-19.

Continuar lendo

Destaque 4

Com asfalto criticado, Duarte promete pavimentar 100% das ruas de Rio Branco

Publicado

em

O debate público acerca da qualidade do asfaltamento de ruas está dando muita dor de cabeça para muitos candidatos à Prefeitura de Rio Branco, principalmente, à prefeita Socorro Neri.

Nos últimos dias, as redes sociais têm sido palco de uma guerra declarada entre o candidato Jarbas Soster e a Chefe do Executivo Municipal, que é criticada por “maquiar” a cidade em plena campanha eleitoral.

Nesta quarta-feira, 23, o candidato à prefeitura de Rio Branco pelo MDB, Roberto Duarte, postou um vídeo nas suas redes sociais, prometendo à população de Rio Branco se, caso eleito, pavimentar 100% das ruas da capital em quatro anos.

Em um vídeo curto, o advogado e deputado estadual diz que a proposta de pavimentar 100% de Rio Branco contará com o apoio do senador Márcio Bittar (MDB), que é relator do Orçamento Geral da União (OGU).

Roberto afirmou que Bittar se comprometeu em colocar uma emenda no Orçamento Geral da União (OGU) trazendo 200 KM de asfalto para o Acre, sendo 100 KM de asfalto, apenas para Rio Branco.

Roberto argumentou que no primeiro ano à frente da Prefeitura de Rio Branco irá pavimentar 100 Km. “Isso será um compromisso de campanha com a nossa gente!”, afirmou.

Continuar lendo

Destaque 4

Surpresa, lágrimas e solidariedade marcam sessão da Aleac após cassação de Juliana

Publicado

em

Um dia após a deputada estadual Juliana Rodrigues (Republicanos) ter seu mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determinou ainda seu afastamento imediato do cargo, o clima na sessão virtual Assembleia Legislativa desta quarta-feira, 23, era de velório.

O primeiro a “tocar no ferida” foi o deputado Antônio Pedro (Democratas), que se solidarizou com a colega lembrando de sua luta junto à população do Acre ao longo de seis anos na Assembleia Legislativa.

A deputada emedebista Meire Serafim também referiu-se a Juliana: “quero dizer que estou à disposição. Sei da índole da deputada. Sei do seu caráter e tenho certeza que Deus tem um propósito maior para a senhora”, disse.

O deputado Daniel Zen e candidato a prefeitura de Rio Branco afirmou que decisão judicial deve ser cumprida. “Uma decisão de última instância, terminativa, que deve ser respeitada”, disse o petista destacando que a anulação dos votos de Juliana e o deputado federal Manuel Marcos darão os cargos para o juiz aposentado Pedro Longo e para o advogado petista Léo de Brito. “Foi inovador. Se não tivessem anulado os votos eram Railson e André da Droga Vale que assumiriam”, lembrou. “Fará um brilhante trabalho o Léo de Brito”.

Já a deputada Antônia Sales (MDB) chegou a chorar, lamentando o ocorrido. “Você conquistou o meu respeito. A gente não sabe, mas tenha fé em Deus”, disse a parlamentar da região do Juruá. Ao mesmo tempo, Sales criticou quem “faz festa com a desgraça do outro”.

Outro que também se manifestou foi o deputado Manoel Moraes (PSB). “Fica aqui nosso respeito”, disse.

Apesar das manifestações positivas em prol de Juliana, ela não participou da sessão de hoje. Na manhã que antecedeu o julgamento, a deputada afirmou que não tinha medo da decisão da justiça eleitoral e que perdoava seus acusadores. A declaração repercutiu nas redes sociais.

O ac24horas apurou que o Tribunal Regional Eleitoral do Acre ainda não foi notificado da decisão da corte superior. A expectativa é o trâmite ocorra nos próximos dias e a mesa-diretora da Aleac seja notificada a afastar Juliana. O mesmo deve ocorrer na Câmara dos deputados em Brasília, com Manuel Marcos.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas